Esporte Nacional

Fortaleza vence em seu aniversário e Palmeiras sofre a 4ª derrota seguida

COMPARTILHE
15
Advertisement
Advertisement

O Fortaleza comemorou seus 102 anos neste domingo em grande estilo. Jogando na Arena Castelão, o time comandado por Rogério Ceni se impôs em campo ao longo dos 90 minutos e superou o Palmeiras por 2 a 0, pela 17ª rodada do Brasileirão. Ainda sem treinador, o time paulista sofreu sua quarta derrota consecutiva.

Continua depois da publicidade

Há dez jogos sem perder, em diferentes competições, o time cearense vive boa fase. Ostenta a melhor série invicta entre todos os times do Brasileirão. Com 24 pontos, já aparece na sétima colocação da tabela, já de olho na zona de classificação à Copa Libertadores. Do outro lado, o Palmeiras soma 22 pontos e figura no oitavo lugar, mais distante dos líderes.

Apesar dos dois gols sofridos, o Palmeiras teve como principal destaque em campo Weverton. O goleiro fez defesas importantes no primeiro tempo e evitou uma goleada. Nem mesmo os retornos de reforços do lateral Matías Viña e do zagueiro Gustavo Gómez, desfalques nos últimos jogos, melhoraram o aproveitamento da equipe paulista, comandada neste domingo pelo técnico interino Andrey Lopes – Vanderlei Luxemburgo foi demitido após a derrota anterior.

Advertisement

O JOGO – Cauteloso após três derrotas seguidas, o Palmeiras começou o jogo em ritmo lento, com uma visível dificuldade se aproximar do ataque. Do outro lado, enfrentava um rival mais bem organizado em campo e menos temeroso. Aos 9, Oswaldo já criava a primeira grande chance do jogo ao finalizar da marca do pênalti. Weverton brilhou para evitar este gol e também de Ronald, aos 15.

Continua depois da publicidade

O Palmeiras investiu no ataque pela primeira vez aos 18 e também deu trabalho ao goleiro do Fortaleza. Max Walef defendeu, no reflexo, tentativa de Raphael Veiga. O goleiro repetiu a boa performance aos 29, em outra finalização de Veiga. Mas o ataque palmeirense, cada vez mais lento, parou por aí no primeiro tempo.

E, depois disso, só deu Fortaleza. Os anfitriões abriram o placar aos 33, com passe de Ronald para gol de David. O lance foi anulado pela assistente, mas acabou sendo validado pelo VAR segundos depois. O segundo gol saiu aos 41. Após bola no travessão, o mesmo David aproveitou o rebote, dominou com tranquilidade quase na pequena área e bateu para as redes.

Para o segundo tempo, o técnico interino Andrey Lopes resolveu reforçar o ataque. De uma tacada só, colocou Willian e Wesley em campo. Depois, colocou Gabriel Veron em campo. Nenhum deles mudou o panorama da partida. O setor ofensivo seguia lento, praticamente inoperante, devido também aos méritos da defesa do Fortaleza.

Continua depois da publicidade

A medida que o tempo passava no segundo tempo, o time da casa parecia mais sólido em todos os setores. Cometia poucos erros e jogava com tranquilidade. Em comparação à etapa inicial, atacava menos, mas podia se dar a esse luxo por causa da vantagem no placar. Tinha total confiança em sua defesa, a melhor do campeonato até agora.

Sem maiores sofrimentos ou ameaças do ataque palmeirense, o Fortaleza garantiu o triunfo no dia em que completou 102 anos, vestindo uniforme especial, em homenagem à seleção da França. Do outro lado, o Palmeiras ainda sofreu a expulsão de Gustavo Gómez nos instantes finais.

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA 2 x 0 PALMEIRAS

FORTALEZA – Max Walef; Tinga (Gabriel Dias), Paulão, Roger Carvalho, Bruno Melo; Ronald (Romarinho), Felipe, Marlon, Osvaldo (Carlinhos); David (Wellington Paulista) e Yuri César (Juninho). Técnico: Rogério Ceni.

PALMEIRAS – Weverton; Mayke (Wesley), Emerson Santos, Gustavo Gómez, Viña; Gabriel Menino, Patrick de Paula (Willian), Zé Rafael, Raphael Veiga (Danilo), Lucas Lima; Luiz Adriano (Gabriel Veron). Técnico: Andrey Lopes (interino).

GOLS – David, aos 33 e aos 41 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Paulão, Bruno Melo, Zé Rafael, Viña.

CARTÃO VERMELHO – Gustavo Gómez.

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (RJ).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Felipe Rosa Mendes
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.