Espírito Santo

Projeto prevê atendimento humanizado e acolhimento psicológico a vítimas de violência doméstica e sexual no ES

COMPARTILHE
41
Advertisement
Advertisement

Um projeto de lei de autoria do deputado estadual Luciano Machado (PV) prevê a implementação de atendimento humanizado e acolhimento psicológico às mulheres capixabas vítimas de violência doméstica ou sexual.

Continua depois da publicidade

A proposição nº 487/2020 foi lida em plenário na sessão desta segunda-feira (14) e tramita na Assembleia Legislativa. Entre as propostas, as delegacias seriam o ponto de apoio para o recebimento e o suporte às vítimas.

“Cuidar de uma vítima (de violência doméstica ou sexual) não é apenas afastá-la fisicamente de seu agressor, é oferecer oportunidade para que ela sinta-se segura em explanar suas angústias e particularidades com profissionais qualificados. É imprescindível a presença de psicólogos nesse processo”, enfatiza o deputado Luciano Machado.

A violência doméstica contra a mulher é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como problema de saúde pública. Danos físicos, emocionais, de autoestima e demais sequelas que prejudicam a reintegração dessas mulheres na sociedade – reinserção em trabalhos e estudo, por exemplo – são argumentos consideráveis para tal classificação.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.