Segurança

PM Ambiental resgata 46 pássaros em Alegre que seriam comercializados ilegalmente no RJ

COMPARTILHE
450
Advertisement
Advertisement

Uma denúncia anônima  levou uma equipe da Polícia Militar Ambiental a descobrir um criadouro ilegal de pássaros silvestres, na manhã desta segunda-feira (14), em Anutiba, distrito de Alegre. No local foram resgatados 46 pássaros da fauna silvestre brasileira que seriam comercializados no Rio de Janeiro.

Continua depois da publicidade

Segundo os policias foram apreendidos trinta e seis canários-da-terra, nove coleiros e um tico-tico, que estavam sendo mantidos em local insalubre, além da falta de disponibilidade de água nas gaiolas. Na ação também foram encontrados diversos materiais para o transporte, viveiros e gaiolas para procriação das espécies, armadilhas e transportadores de madeira para acondicionamento em malas de viagem configurando, segundo a PMA, fortes indícios de tráfico, juntamente com o estado bravio dos pássaros, a quantidade, e a facilidade de embarque por estar a residência rural, à margem de rodovia com linha de ônibus para o estado do Rio de Janeiro diariamente, rota está onde por diversas vezes foram apreendidos pássaros na mesma situação.

A Policia Militar Ambiental ressalta que manter animais silvestres em cativeiro sem a devida licença incide em crime previsto pelo Art. 29 da Lei Federal 9.605/98 ( Lei de Crimes ambientais) e conforme a condição de manutenção o animal em cativeiro, poderá responder por crime de maus tratos, previsto no Art.32 da referida lei. O autor do ato ilícito contra o meio ambiente, reincidente no cometimento, responderá na justiça conforme determina a lei.

Continua depois da publicidade

A PMA pede que os cidadãos realizem denúncias por meio do 181, para ajudar a coibir crimes contra a natureza. O anonimato é garantido.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.