Cidades

Controladoria Geral da União aponta 848 servidores públicos de Cachoeiro recebendo auxílio emergencial de forma irregular 

COMPARTILHE
Foto: Márcia Leal
3246
Advertisement
Advertisement

Um levantamento de dados da Controladoria Geral da União (CGU) apontou que 848 servidores – ativos, inativos e pensionistas – da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim estão recebendo de forma irregular o auxilio emergencial.

Continua depois da publicidade

Esses servidores podem responder por crimes, como falsidade ideológica, já que, provavelmente, usaram informações mentirosas para receber o benefício, e também, por estelionato.

Os órgãos responsáveis pela apuração destes casos, a Prefeitura, e o Ministério da Cidadania já foram comunicados.

O que diz a Prefeitura

De acordo com o Executivo, a CGU orientou que a prefeitura notifique cada um dos servidores listados como beneficiário do auxílio, e informe o recebimento indevido para que cada um devolva ao Governo Federal o valor já angariado de forma espontânea. A Prefeitura de Cachoeiro informa que não haverá desconto no salário.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].