Nutrição e Boa Forma

Atividades necessárias para o bom desenvolvimento das crianças

COMPARTILHE
39
Advertisement
Advertisement

Continua depois da publicidade

Brincar descalço na grama, subir em árvores ou rolar na areia é uma das melhores partes da infância. Além de desenvolver o físico e as habilidades sensoriais da criança, as brincadeiras ao ar livre ajudam na manutenção da saúde, muito mais do que manter os pequenos sempre limpos e bem alinhados. Por isso, essas atividades não devem ser proibidas pelos pais.

Apesar da boa intenção, o excesso de zelo dos pais pode impedir o desenvolvimento das proteções do organismo. Limpar a mão de um menino todas as vezes em que ele suja ao brincar na lama, por exemplo, retira a camada de proteção natural da pele, responsável pela criação dos anticorpos.

Continua depois da publicidade

Por isso, é recomendado permitir e incentivar os pequenos a tirar seus sapatos nos parques e ao chegar em casa. O contato direto com a grama, a terra e o piso não oferecem qualquer risco à saúde.

Continua depois da publicidade

Cuidados necessários

Isso não significa, porém, evitar os cuidados necessários com a higiene, principalmente por causa do novo coronavírus. O tempo que a criança passa em contato com a sujeira, portanto, precisa ser limitado. Assim como, é importante orientar e evitar o contato das mãos com boca, nariz e olhos.

As crianças também precisam tomar banho diariamente, assim como escovar os dentes corretamente. Lembre-se: a higiene não pode ser exagerada, mas é essencial.

No quarto da criança, por exemplo, a limpeza precisa ser feita diariamente. Para isso, utilize somente água e sabão. Quem quiser prevenir alergias e outros problemas respiratórios pode remover tapetes, cortinas, bichos de pelúcia e outros objetos que acumulam pó. Além disso, é necessário seguir corretamente o calendário de vacinação. 

Advertisement

Júnior Batista
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.