Economia

Alta do arroz reflete aquecimento da demanda pelos mais frágeis, diz Guedes

COMPARTILHE
10
Advertisement
Advertisement

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a escalada do preço do arroz reflete um aquecimento da demanda dos mais frágeis e é mais um sinal da recuperação em “V” da economia brasileira da crise provocada pelo coronavírus. “Tem gente dizendo que a inflação dos mais pobres está subindo. O que está subindo é material de construção e alimentos, mais influenciados pelo auxílio emergencial. Na verdade, os sinais são bons, o aumento do arroz, dos alimentos, são um sinal de aquecimento da demanda.”

Continua depois da publicidade

Além de relacionar o aumento dos preços à “enxurrada de dinheiro aos mais pobres”, o ministro disse que a alta também é resposta do avanço do dólar.

Segundo o ministro, a alta de preços é temporária e vai motivar um aumento da produção. “Resposta da oferta vem já e alta de preços vai se dissolver.”

Advertisement

Guedes ainda mencionou que o arroz está vindo de outros países. “Está vindo arroz de todo lado agora, americano, tailandês e chinês.”

Continua depois da publicidade

Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.