Internacional

Navalni respira sem ajuda de aparelhos e pretende voltar à Rússia

COMPARTILHE
5
Advertisement
Advertisement

O líder da oposição russa Alexei Navalni afirmou nesta terça-feira, 15, que consegue respirar sem a ajuda de aparelhos. A declaração foi feita pelas redes sociais, no primeiro pronunciamento de Navalni desde seu internamento, em agosto, após ser envenenado durante viagem à Sibéria. O líder opositor publicou fotos ao lado da esposa, no Instagram, sentado na cama do hospital em Berlim, na Alemanha, onde segue internado.

Continua depois da publicidade

Navalni disse sentir falta dos seguidores, e contou um pouco sobre sua recuperação. “Ontem eu consegui respirar sozinho o dia todo”, disse. E completou: “Gostei muito, é um procedimento surpreendente subestimado por muitos. Eu recomendo.”

De acordo com o hospital Charite, de Berlim, Navalni poderá abandonar por completo a respiração artificial em breve, o que revela o progresso na recuperação do líder opositor, que deixou o coma induzido na semana passada.

Advertisement

O envenenamento do russo por Novichok – agente neurotóxico desenvolvido na União Soviética entre as décadas de 1970 e 1980 – foi confirmado nesta segunda-feira, 14, por França e Suécia. Antes, um laboratório alemão já havia concluído sobre o uso da substância, o que deu início a suspeitas do envolvimento do Kremlin em uma tentativa de se livrar do opositor. O governo russo nega.

Continua depois da publicidade

Regresso

Segundo o The New York Times, Navalni pretende regressar à Rússia para “continuar sua missão”. Isso é o que afirmou ao jornal americano um procurador alemão que conversou com o líder da oposição russa. O procurador, que preferiu manter o anonimato, destacou que Navalni mostrou estar mentalmente bem e “totalmente consciente da sua condição, totalmente consciente do que lhe aconteceu e totalmente consciente do lugar onde está”. “Ele não planeja ficar exilado na Alemanha. Ele quer voltar para casa, para a Rússia e quer continuar a sua missão”, acrescentou. (Com agências internacionais).

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.