Nutrição e Boa Forma

Incontinência urinária: sintomas e formas de combater o problema

COMPARTILHE
11
Advertisement
Advertisement

Continua depois da publicidade

Na infância, aprendemos a difícil tarefa de controlar a vontade de urinar, disciplinando o músculo para que não se contraia independentemente e provoque o escape. Apesar disso, alguns jovens e adultos têm problemas para comandar a bexiga. O que alguns atribuem a um descuido ou avanço da idade, porém, não é normal e pode indicar incontinência urinária.

Entre os sintomas da doença estão: repentina necessidade de ir ao banheiro e perda de urina, além do aumento da frequência urinária, mais de 8 vezes ao dia, por exemplo.

Continua depois da publicidade

Tratamento

Continua depois da publicidade

Para combater o problema, é muito importante consultar um médico especializado. Após o diagnóstico, o profissional poderá indicar o melhor tratamento. Nos casos mais leves, exercícios de fortalecimento do músculo já resolvem o problema. Nos mais graves, a cirurgia é indicada. Quando o problema está relacionado com a contração involuntária da bexiga, porém, existem alguns medicamentos recomendados.

Atualmente, não existem formas de prevenir a incontinência urinária. Qualquer doença que interfira de alguma forma no funcionamento da bexiga faz com que ela trabalhe de maneira desordenada, favorecendo o surgimento de problemas urinários. Portanto, com o aparecimento dos casos, é importante consultar o médico para iniciar o tratamento.

A incontinência urinária afeta também o bem-estar emocional, psicológico e social, comprometendo a qualidade de vida da pessoa. Muitos têm medo de participar de atividades normais do dia a dia por medo de perder urina em locais públicos. Outras vão ao banheiro várias vezes para evitar os acidentes.

Júnior Batista
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.