Geral

Reformulada por causa da pandemia, Virada Sustentável chega à 10ª edição em SP

COMPARTILHE
16
Advertisement
Advertisement

Mensagens de acolhimento em empenas cegas de prédios, frases sobre reciclagem na escadaria de estações de metrô, poesias declamadas de dentro de um carro que circula pela cidade, a transformação do Minhocão em uma floresta com árvores feitas com guarda-sóis estampados. Com intervenções artísticas urbanas que poderão ser vistas sem aglomerações e fóruns online, a Virada Sustentável chega à 10.ª edição reformulada por causa da pandemia e, durante pouco mais de um mês, vai estimular a reflexão sobre o tema. O Estadão é o portal oficial do evento.

Continua depois da publicidade

Fundador do evento, André Palhano conta que a edição já estava encaminhada quando os casos do novo coronavírus começaram a se espalhar pelo País. A proposta, então, teve de ser adaptada para a nova realidade.

“É uma edição totalmente nova, reformulada. Tivemos de fazer uma programação que não convidasse o público a participar presencialmente, mas que também não fosse um festival de lives. Temos ocupações performáticas e visuais, intervenções urbanas e lives – poucas e boas lives. É como se a gente levasse a nossa audiência, que era presencial, para virtual. Será um festival híbrido”, afirma Palhano.

Advertisement

Com tanta mudança, a Virada Sustentável ganhou uma nova cara. “Esta edição assume, de uma maneira interessante, uma cara de campanha. Vamos trazer mensagens e informações sempre usando a arte e elementos atrativos. É uma campanha de geração de consciência.”

Continua depois da publicidade

A abertura será na quarta-feira, 16, com a atração Juntes Recriamos o Futuro, projeção de mensagens que poderão ser vistas não só na capital, mas em Salvador, Fortaleza, Porto Alegre, Manaus e no Rio de Janeiro.

No Fórum Virada Sustentável, entre os vários painéis, há dois destaques principais. O primeiro, no dia 18, às 14 horas, contará com a participação da economista britânica Kate Raworth, que criou o conceito de economia donut – uma alternativa ao crescimento a qualquer custo. O segundo, no dia 21, também às 14 horas, será com o arquiteto William McDonough, coautor do livro Do Berço ao Berço, que propõe uma alternativa ao atual modelo de produção.

“Ele é o pai do conceito de economia circular, em que qualquer material vira nutriente biológico ou técnico e em que não há descarte, para pensarmos em um mundo sem lixo”, diz Palhano. Os painéis terão tradução simultânea e em Libras.

Continua depois da publicidade

Entre os dias 7 e 12 de outubro, o evento terá uma programação de cine drive-in no estacionamento do Shopping Center Norte.

A retirada de ingressos para as sessões e as inscrições nos painéis deverão ser feitas pelo site da Virada Sustentável.

Além da sustentabilidade

O evento aborda a sustentabilidade de uma maneira mais ampla, que vai além das questões de biodiversidade, com temas como a erradicação da pobreza, saúde pública e o exercício da cultura de paz.

Nesse contexto, a Virada contará com uma meditação global, com a participação de mais de 200 lideranças espirituais, no dia 21, às 20 horas, e promoverá uma conversa com a cantora Elza Soares sobre a resistência da mulher negra, no dia 30, às 18 horas. O evento termina em 18 de outubro, com intervenções no Minhocão e projeções de mensagens em prédios.

Serviço

Virada Sustentável

De 16/9 a 18/10

Site: www.viradasustentavel.org.br

Instagram: @viradasustentavel

Facebook: facebook.com/viradasustentavel

Youtube: https://www.youtube.com/user/ViradaSustentavel

Destaques do evento

Na rua:

Eggcident

Instalação de ovos gigantes do artista holandês Henk Hofstra que remete ao aquecimento global e às mudanças climáticas

Olha pro Céu, meu Amor

Intervenção com frases de reflexão e inspiração

Onde: Largo da Batata

Quando: De 17 a 20/9

Cem Minas na Rua

Durante quatro dias, 22 artistas vão grafitar um muro de 150 metros. Além de diferentes estilos, a curadoria selecionou artistas negras, mães, trans e moradoras da periferia

Quando: De 1 a 04/10

Onde: Rua Doutor Adelino Chaves, Lapa

Carreata Poética

Com um carro de som, serão recitados trechos do livro Quarto de Despejo, de Carolina Maria de Jesus. A atração contará com a participação de nove poetas do Grajaú, na zona sul da capital, e da filha da autora

Quando: 3/10, das 13 às 15 horas

Onde: Do Centro Cultural Grajaú até o Museu de Arte de São Paulo (Masp)

Cine Drive-in

Serão duas sessões diárias no estacionamento do Shopping Center Norte. Haverá a exibição dos filmes A Odisseia dos Tontos, Bingo: o Rei das Manhãs, Chorar de Rir, Talvez uma História de Amor, Motorrad, Hebe: a Estrela do Brasil e Trash: a Esperança Vem do Lixo

Quando: De 7 a 12/10, com sessões às 18h30 e às 21 horas

Onde: Shopping Center Norte

Vagas: 100 por dia. Inscrição para retirada de ingressos: @viradasustentavel e viradasustentavel.org.br

Jaguar Parade, Eu Era Outra Selva e FlorestAR_devir floresta :: A vida é uma Utopia

O Minhocão vai receber três intervenções artísticas. A Jaguar Parade destaca a importância da onça pintada. Já Eu Era Outra Selva reproduz a sensação de estar na floresta por meio de 200 guarda-sóis estampados. A proposta de FlorestAR_devir floresta :: A vida é uma Utopia é levar os sons da floresta para o local

Quando: De 17 a 18/10

Onde: Minhocão

Online:

Kate Raworth – Economia Donut

Palestra e debate com a economista britânica Kate Raworth, criadora do conceito economia donut, que revê o modo como é pensado o futuro do capitalismo

Quando: 18/9, das 14 às 15 horas

Inscrição pelo site da Virada Sustentável

William McDonough – Do Berço ao Berço

Palestra e debate com um dos criadores do conceito de economia circular, o arquiteto norte-americano William McDonough. Ele é coautor do livro Do Berço ao Berço, que propõe eliminar a geração de resíduos, transformando todo o material descartado em nutriente para a natureza (biológico) ou para a indústria (técnico)

Quando: 21/9, das 14 às 15 horas

Inscrição pelo site da Virada Sustentável

O Amanhã da Paz – Meditação Global

No Dia Internacional da Paz será realizado um momento de meditação com lideranças espirituais e religiosas, além de porta-vozes da cultura de paz, como Monja Coen (Zen Brasil) e Tadashi Kadomoto (Instituto Tadashi Kadomoto)

Quando: 21/9, às 20h

Transmissão pelo @viradasustentável e perfis dos participantes disponíveis no site da Virada Sustentável

Elza Soares

A cantora Elza Soares vai falar sobre a existência e a resistência da mulher negra

Quando: 30/9, das 18 às 19 horas

Inscrição pelo site da Virada Sustentável

Paula Felix
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here