Cidades

Mulher diz que cachorra foi atropelada propositalmente em Cachoeiro e pede ajuda para cirurgia; vídeo

COMPARTILHE
2819
Advertisement
Advertisement

A dona de casa Elaine Louzada Silva mobilizou as redes sociais em busca de ajuda para arcar com a cirurgia da sua cachorra Layca, de dois anos, atropelada na manhã da última sexta-feira (14), por um caminhão da coleta de lixo de Cachoeiro de Itapemirim. Segundo Elaine, o atropelamento foi proposital e uma câmera na residência de um vizinho flagrou o momento no qual uma manobra é feita em direção a cachorra que está próximo ao lixo na rua.

Continua depois da publicidade

No vídeo (veja no final da matéria) é possível ver o caminhão no início da rua e, ao se aproximar do local onde a cachorra está, o motorista sai da contramão e faz uma manobra em da cadela. O animal é atingido em cheio e fica sob as rodas do caminhão.

Elaine disse que não estava em casa no momento e que a cachorra fugiu de casa e ficou na rua mexendo nos sacos de lixo. Seu irmão ouviu os gritos da cachorro agonizando e seus pais foram pra rua ver o que havia acontecido. Segundo ela, os funcionários da coleta foram agressivos e xingaram seu pai, dizendo que não tiveram culpa. Eles saíram do local sem prestar ajuda.

A mãe dela levou o animal para o Centro de Zoonoses da cidades, mas no local foram informado que não havia estrutura para o atendimento necessário. Layca foi então levada para uma clínica veterinária particular no bairro Coronel Borges onde são realizadas cirurgias.

Continua depois da publicidade

A cachorra está internada e fez raio-x que identificou fratura nos dois joelhos e em uma parte da região pélvica. A dona não tem como arcar com os custos de internação, remédios e cirurgia.

Elaine disse que procurou a empresa responsável pela coleta de lixo, localizada no bairro Aeroporto, e que no local foi atendida por um funcionário que informou que o gestor responsável só estaria na empresa na quinta-feira. “Tenho protocolos de denúncia que vizinhos fizeram na mesma hora, fiz boletim de ocorrência da Polícia Civil. E agora não tenho como arcar com os custo que não é barato. Já liguei para vários lugares e não tive nenhuma resposta, agora me perguntou como vou arcar com os gastos? Estou desesperada porque a cachorra está no veterinário tendo gastos e não tenho condição de pagar””, questionou.

O QUE DISSE A EMPRESA

Advertisement
Continua depois da publicidade

A Coleta de lixo em Cachoeiro de Itapemirim é realizada por uma empresa terceirizada, a Corpus. A reportagem entrou em contato com número informado, mas a ligação não foi atendida.

O espaço está aberto para manifestação da empresa.

Veja o momento do atropelamento:

 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].