Eleições 2020

"Já avançamos na possibilidade de coligações com outras siglas", diz pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Venda Nova

COMPARTILHE
Foto: divulgação
1042
Advertisement
Advertisement

José Vicente Gonçalves Filho, mais conhecido como  doutor Zé Vicente, é o pré-candidato à Prefeitura de Venda Nova do Imigrante pelo PSDB. Nascido em Mutum, Minas, onde exerceu atividades empresariais até formar-se em Direito pela Faculdade de Direito do Vale do Rio Doce (Fadivale), em Governador Valadares. Logo depois, fez pós-graduação com especialização em diversos ramos do Direito e metodologia de ensino. Em Venda Nova desde 1988, iniciou sua carreira e atua na área até hoje.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No município, ao mesmo tempo em que exercia a advocacia privada, atuou como assessor jurídico e procurador-geral da Câmara Municipal de Venda Nova do Imigrante por mais de 16 anos. “Adquiri larga experiência no serviço público pois, no exercício dessa atividade pública, elaborava as proposições dos parlamentares, emitia pareceres e participava de todas as reuniões das comissões temáticas e sessões plenárias, além de analisar todos os projetos de leis ordinárias e orçamentárias enviadas pelo Poder Executivo”.

Além do Direito, doutor Zé Vicente é empresário há mais de três décadas. Suas duas empresas, uma em Afonso Cláudio, outra em Venda Nova, geram mais de 30 empregos diretos, 20 dos quais, em Venda Nova.

Veja a entrevista completa:

Quais razões levaram o senhor a colocar seu nome à disposição para disputar a prefeitura?

Continua depois da publicidade

Após ter sido procurado por membros do PSDB sugerindo a minha pré-candidatura a prefeito, procuramos e fomos procurados por diversas lideranças de outros partidos e da comunidade vendanovense para analisarmos a viabilidade de minha candidatura. O que mais pesou na decisão, foi minha longa experiência na atividade pública e privada, especialmente junto à Câmara Municipal, trajetória essa que está completando 32 anos.  

Como estão as articulações para viabilizar sua candidatura a prefeito?

Apesar de ainda não terem sido realizadas as convenções dos partidos políticos de Venda Nova do Imigrante, já avançamos na possibilidade de coligações com outras siglas para fortalecer ainda mais minha pré-candidatura, estando ainda aberto a outros partidos que tenham os mesmos objetivos e ideias.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Se o seu nome for homologado pela convenção do seu partido, quais as principais propostas que levará ao eleitor?

A principal proposta é a certeza de que não faltará atenção especial àqueles que dependem de serviços sociais, especialmente na área da saúde, que vem sofrendo em razão da falta de recursos, principalmente os destinados ao pronto-socorro, que é atendido pelo Hospital Padre Máximo, além de ampliar e melhor equipar os PA’s (postos de saúde) de todo o município. Igualmente será dada uma atenção especial à educação, ampliando, reformando e equipando as escolas, além de cuidar e melhorar os projetos já existentes voltados para o atendimento às crianças e aos adolescentes. Como nosso município tornou-se um polo comercial e de prestação de serviços, procuraremos, junto com a Câmara Municipal, aprovar e modernizar leis para viabilizar o fortalecimento do comércio e da prestação de serviços em todos os seus segmentos. Ampliaremos ainda o apoio e a assistência aos produtores rurais, à agroindústria e ao turismo rural, especialmente, mantendo a conservação de todas as vias e rodovias do município.

De onde sairão os recursos para colocar em prática suas propostas?

Além do orçamento próprio, buscaremos recursos junto aos governos Estadual e Federal, especialmente junto ao Federal, em razão da facilidade que teremos de manter um canal direto por meio do deputado Evair de Melo, que não tem medido esforços para atender Venda Nova do Imigrante, e já nos prometeu que se empenhará ainda mais para apoiar nosso governo.

Qual o perfil ideal do vice para compor sua chapa?

Será alguém que tenha disponibilidade para estar presente na administração, além da indispensável honestidade no trato com a coisa pública.

O que o leva a acreditar que poderá vencer as eleições deste ano?

Em razão de estar presente e atuando nos mais diversos segmentos há 32 anos em Venda Nova do Imigrante, meu nome vem recebendo apoio dos mais diversos setores da sociedade, além do indispensável apoio de outros partidos políticos alinhados ao nosso projeto de trabalhar em prol da comunidade vendanovense.

Como o senhor vê a sua cidade atualmente?

Vejo como sempre vi. Uma cidade de um povo honesto, trabalhador, ordeiro e progressista, obviamente, existem as raras exceções.

Qual será o maior desafio para o próximo gestor, no seu ponto de vista?

Conseguir recursos nas esferas Estadual e Federal para os investimentos que Venda Nova tanto precisa.  Como é de sabença geral, com o advento da Covid-19, todos os governos, sem exceção, desde o menor município, até a capital, incluindo aí o Governo Federal, tiveram que suportar despesas que não estavam previstas. Mas, como dito alhures, manteremos um canal aberto através de nosso deputado vendanovense, que nos ajudará a conseguir os recursos necessários para realização dos investimentos.

10 – Se eleito, como vai lidar com o poder legislativo?

Da forma que deve ser. De forma harmônica, respeitosa e independente, procurando superar todas as divergências que eventualmente possa surgir, mantendo sempre o diálogo e entendimento, como forma de ter o parlamento municipal como um aliado para realizar todas as reformas e melhorias que o município anseia.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.