Eleições 2020

“Iúna parece uma lavoura maltratada que precisa ser plantada de novo”, diz pré-candidato a prefeito

COMPARTILHE
1012
Advertisement
Advertisement

O produtor rural e empresário Romario Batista (PP) há 24 anos sonha com uma Iúna melhor para viver. Hoje, ele vê a cidade como uma lavoura maltratada, que aos olhos de um leigo não teria mais jeito, mas acredita poder replantá-la para voltar a ser produtiva.

Continua depois da publicidade

Romario decidiu colocar seu nome como pré-candidato a prefeito de Iúna e espera poder dar um novo rumo para a cidade onde nasceu e pretende morrer. Em entrevista ao AQUINOTICIAS.COM, apresentou seu ponto de vista sobre o modo como a pequena cidade do Caparaó está sendo administrada e expos suas propostas para um futuro melhor.

Confira a entrevista!

AQUINOTICIAS.COM – Quem é o pré-candidato?

Continua depois da publicidade

Romario Batista – Um homem simples, que crê em Deus acima de tudo, que ama e se orgulha da família que construiu, que trabalha desde muito cedo e que conquistou tudo com muito esforço e sabedoria para administrar o que Deus foi colocando na sua vida.

Que razões levaram você a colocar seu nome à disposição para disputar a Prefeitura?

Primeiramente porque amo Iúna, e mais importante que ter nascido aqui é que nesse município pretendo viver até meu último dia. Por outro lado, não foi agora que decidi contribuir de forma direta com as mudanças que acredito serem necessárias para que nossa terra volte a crescer e ocupar o lugar de destaque regional que nunca deveria ter saído. Esta será a terceira eleição que pretendo disputar, pensei que depois da última não seria necessário disputar outra, uma vez que considerava quem me venceu como um bom quadro para realizar estas mudanças, e então eu poderia planejar outras coisas e ajudar de outras formas. Porém, como não aconteceu, me vejo na obrigação de continuar lutando em nome desta nossa terrinha tão amada por todos nós, pois vamos completar pelo menos 24 anos de tempo desperdiçado, e se eu for mesmo candidato e o povo resolver me dar a chance desta vez, pretendo colocar em prática tudo que sonhei, e venho me preparando para realizar em favor de nossa querida Iúna.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Como estão as articulações para viabilizar sua candidatura a prefeito?

Olha, como todos sabem, eu sou proprietário rural e comerciante, e só o que tenho feito desde sempre é levantar todos os dias por volta das seis da manhã, olhar minhas propriedades, e abrir meu escritório para trabalhar, no entanto, recebo todos os dias pelo menos 30 pessoas de todas as regiões do município, e todos com o mesmo sentimento de que nossa cidade precisa avançar muito e que eu não posso desistir dessa luta. Portanto, não existe nenhuma articulação oficial, mas as coisas estão acontecendo naturalmente, e os apoios vão chegando de todos os lados e sempre de forma voluntária.

Se o seu nome for homologado pela convenção do seu partido, quais as principais propostas que levará ao eleitor?

Se olharmos a nossa realidade atual, veremos que é necessária uma intervenção efetiva em todas as áreas, porém, o que se percebe claramente é a falta da capacidade de dialogar não só entre os Poderes, mas com toda a sociedade organizada e, principalmente, com o povo. Por isso acredito que um gestor tem que ouvir a todos, principalmente na pré-campanha, pois só assim será possível apresentar um projeto que atenda o máximo possível das necessidades reais da população. É o que vou fazer, ouvir muito a todos para apresentar a melhor proposta de governo, feita por muitas mãos, e graças as redes sociais isso será possível, pois não só os notáveis terão voz e vez para nos ajudar, mas qualquer cidadão que queira, sem discriminação, com o respeito e a gratidão a todos que colaborarem.

De onde sairão os recursos para colocar em prática suas propostas?

Organizando os setores de arrecadação municipal, tais como tributação e regularização fundiária que é uma das nossas principais fontes de renda local, bem como outras medidas que aumentará nossa arrecadação municipal, sem aumentar impostos para população. É preciso restabelecer diálogo e parcerias com os governos Estadual e Federal, que venham garantir investimentos importantes e relevantes em nosso município, haja vista que não estamos na lista de prioridade de nenhum deles, por falta de relações políticas com deputados, senadores, secretarias de governo e ministérios, que tem nos causados grandes prejuízos na falta de captação de recursos, e para piorar ainda mais a situação, estamos devolvendo milhões de reais de convênios anteriores por falta de capacidade técnica de executá-los.

Qual o perfil ideal do vice para compor sua chapa?

Alguém que seja competente, parceiro, que ame Iúna e tenha principalmente o sentimento de povo, de cidadão comum daqueles que vivem a realidade do dia a dia, não de quem faz a política, mas de quem vive as suas consequências, alguém como eu, que vem do povo e não dos quadros políticos convencionais, apesar de respeitar todos eles.

O que o leva a acreditar que poderá vencer as eleições deste ano?

Principalmente a fé em Deus que deve estar sempre acima de tudo, depois a decepção das pessoas com todos os sonhos de mudança que foram frustrados e, por fim, eu espero que as pessoas me deem essa chance agora, pois tenho a certeza que estou preparado para fazer as mudanças que Iúna precisa, colocando nossa cidade acima das pessoas e seus interesses pessoais, administrando com firmeza e sem favorecimentos políticos, simplesmente fazendo o que deve ser feito e não para agradar “A” ou “B”, e para isso é necessário equipe técnica com conhecimento de área e não transformar a Prefeitura em cabide de empregos de políticos só porque foram companheiros nas eleições.

Como você vê a sua cidade, atualmente?

Como uma lavoura maltratada, com os galhos secos, folhas amareladas, que aos olhos de um leigo não tem mais jeito, que precisa ser arrancada e plantada de novo. Porém, para quem sabe o que fazer, é só cuidar, adubar e tratar corretamente para voltar a ser produtiva. Assim que eu vejo Iúna. E me vejo preparado para manejar e tratar dela do jeito que ela precisa para ficar como sempre deveria ter sido.

Qual será o maior desafio para o próximo gestor, no seu ponto de vista?

Primeiramente é lidar com esta nova realidade da pandemia e todo o prejuízo que ela causou. O distanciamento do nosso município com os governos Federal e Estadual precisa acabar para que voltem a investir aqui, para a recuperação das receitas que estão em queda por quatro anos consecutivos. Temos que recuperar a autoestima dos servidores públicos que foram praticamente humilhados nesses últimos anos.

Se eleito, como vai lidar com o Poder Legislativo?

Com diálogo, transparência e muito respeito, para dizer que precisamos dar as mãos na recuperação do nosso município, porém cada um no seu quadrado, a Câmara fazendo o papel dela e a Prefeitura o seu, colocando técnicos e não candidatos a vereador em secretarias. Temos que garantir o respeito e não a concorrência entre os Poderes.

Quais os principais problemas que você enxerga na atual administração de Iúna.

São muitos, mas a causa, o grande problema, é a prepotência e falta de diálogo. É preciso entender que visitar, bajular e conversar não é o mesmo que ouvir, ouvir é dar mais importância ao que as pessoas te falam do que se achar importante frente a elas, é aprender mais do que ensinar, é valorizar e saber usar as qualidades das pessoas que te rodeiam. Não dá pra entender como um governante que tem à sua disposição pessoas qualificadas, como as que lideram a Associação Comercial, as nossas igrejas e instituições sociais, lojas maçônicas, Feira livre, sindicatos, Incaper, Idaf, os servidores municipais e tantos outros, e simplesmente lança mão deste conhecimento e experiência à favor do município. Muitos adversários me criticam porque não sei falar bonito e de forma sofisticada, mas se tem uma coisa que eu sei é ouvir as pessoas, e eu acredito sinceramente que ouvir e fazer é muito mais importante que falar. Por isso vou convocar a sociedade organizada para perto de mim me ajudar nas decisões mais importantes que irão afetar a vida das pessoas. Como dizia meu saudoso pai: “falar pouco, ouvir muito e trabalhar mais ainda”.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].