Geral

Família faz o famoso "Meme do Caixão" em cortejo alegre a pedido de idoso

COMPARTILHE
411
Advertisement
Advertisement

“Então tá aí meu pai não queria ninguém chorando…” Essa foi a frase usada por Rodrigo Lopes para mostrar o sepultamento bem animado e diferente do seu pai, Milton Dias Lopes, de 69 anos. Ele postou um vídeo do cortejo que utilizou a famosa música e dança do “Meme do Caixão”, que estourou nessa pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Continua depois da publicidade

A família é de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Seu Milton morreu vítima de cirrose hepática e o enterro foi realizado com alegria a pedido dele. A postagem do vídeo com as dancinhas e a música do meme durante o cortejo no Cemitério de Maruí, no bairro Barreto, em Niterói, no último sábado (1º), viralizou na internet. Todos aparecem animados, sorridentes e realizando o último pedido do patriarca da família.
Veja o vídeo:

O meme

Continua depois da publicidade

A cena inusitada chamada “Meme do Caixão”, que correu o mundo e viralizou no início da quarentena, é originária de uma reportagem da rede de TV “BBC”, de 2017. A imagem é proveniente de funerais realizados em Gana, na costa oeste da África, e faz parte de uma tradição fúnebre na qual as pessoas contratam grupos de homens bem vestidos para carregar o caixão do falecido enquanto cantam e dançam.

Ao ritmo da música alegre, tornou-se popular como uma maneira satírica de lembrar os perigos aos quais as pessoas se expõem se não cumprirem o isolamento.

Com informações do IG

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.