Espírito Santo

Ciclone traz fortes rajadas de vento ao litoral do Espírito Santo nesta semana

COMPARTILHE
617
Advertisement
Advertisement

Após a passagem de uma frente fria e de uma grande e forte massa de ar polar que derrubou a temperatura na maior parte do Brasil, para os próximos dias, o que já chama a atenção dos meteorologistas é a possível formação de um ciclone subtropical.

Continua depois da publicidade

De acordo com a projeção dos modelos numéricos, esse novo sistema, que é caracterizado como uma área de baixa pressão atmosférica, irá se formar na noite deste domingo (23) sobre o mar, na altura do sul da Bahia. Na segunda-feira (24), o sistema ganha força (se aprofunda, reduzindo seu valor de pressão) e desloca-se um pouco para sul. Na terça-feira (25) ele desloca-se para noroeste, aproximando seu centro da costa do Espírito Santo.

A princípio, o maior impacto desse sistema, será em reforçar o vento do quadrante sul na costa do Espírito Santo e da Bahia. De domingo até a terça-feira, há condições para fortes rajadas de vento no litoral desses dois estados. As rajadas de vento variam de 50 a 70 km/h.  O vento forte reforça também a agitação marítima. Ao longo desse domingo, há previsão de ressaca no litoral norte capixaba e no litoral da Bahia, com ondas de até 2,5m e o mar permanece muito agitado nessas áreas até a terça-feira. Entre terça e quarta-feira, o mar também sobe na costa do Rio de Janeiro com risco de ressaca e ondas de 2,5 a 3,0m.

Além disso, nesse domingo, com a mudança na direção do vento (que favorece a entrada de umidade) e a influência de um cavado nos níveis médios da atmosfera, novas as áreas de instabilidade se formam sobre a região de Salvador e do Recôncavo Baiano.

Continua depois da publicidade

Esta região deve ficar em alerta para o risco de chuva forte, principalmente entre a noite de domingo e ao longo da segunda-feira.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].