Variedades

'Fim de Festa', o cinema urgente de Hilton Lacerda

COMPARTILHE
17
Advertisement
Advertisement

Roteirista dos filmes de Cláudio Assis (Febre do Rato, Piedade), Hilton Lacerda também é diretor, e talentoso. Assinou Tatuagem e, agora, Fim de Festa. O segundo mal havia estreado quando começou o confinamento da pandemia. Não houve tempo de ser descoberto pelo público.

Continua depois da publicidade

Fim de Festa é a atração do Canal Brasil desta quinta, 13, às 20h35. Coincidência ou não, será seguido, no canal, às 22h15, por Febre do Rato. Irandhir Santos é o protagonista de ambos, e também de Tatuagem. Quarta-feira de cinzas. Irandhir faz o policial que volta do recesso carnavalesco para investigar um crime – a morte de uma turista francesa. O marido, Ariclenes Barroso, é suspeito, e como se não bastasse a investigação, Breno Vanderley – o policial – ainda tem de se ver com o próprio filho, que também se chama Breno. O garoto está na fase de liberar a sexualidade e os hormônios. Pai e filho, até pelo nome, espelham-se um no outro.

Lacerda escreve bem os diálogos e, com a cumplicidade dos atores, cria cenas de grande intensidade – como, aliás, já havia em Tatuagem. O resultado é um filme com a urgência característica do autor. Irandhir, como sempre, é grande e o filme ainda tem Hermila Guedes. A interpretação está garantida.

Advertisement

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Continua depois da publicidade

Luiz Carlos Merten
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.