Esporte Nacional

Presidente da Federação Venezuelana morre, aos 61 anos, por complicações da covid

COMPARTILHE
18
Advertisement
Advertisement

Jesús Berardinelli, de 61 anos, presidente em exercício da Federação Venezuelana de Futebol (FVF), morreu, nesta quarta-feira, após ficar internado por três semanas com a covid-19. Segundo a imprensa venezuelana, Berardinelli era diabético, tinha hipertensão e problemas cardíacos.

Continua depois da publicidade

Berardinelli foi preso, em julho, acusado de mau uso de dinheiro público. Aos uma semana na prisão, o dirigente foi internado com problemas respiratórios, após sofrer um desmaio, sendo diagnosticado positivo para o novo coronavírus.

Vice-presidente da FVF, Berardinelli assumiu a presidência em janeiro, ao substituir o presidente Laureano González, que se afastou por causa de problemas de saúde.

Advertisement

Jesús Berardinelli é o segundo presidente de federação nacional sul-americana de futebol a morrer por causa da covid-19. Em 19 de julho, morreu César Salinas, presidente da Federação Boliviana.

Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.