Economia

Bolsas da Europa fecham em alta com perspectivas positivas para recuperação

COMPARTILHE
17
Advertisement
Advertisement

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta quarta-feira, 5, enquanto investidores seguem monitorando indicadores econômicos e balanços corporativos para tentar entender o ritmo de recuperação após a crise causada pelo coronavírus. O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou com ganho de 0,46%, a 365,16 pontos.

Continua depois da publicidade

Uma sequência de dados divulgados hoje corroborou a visão de que a retomada está em curso. A IHS Markit informou que o índice de gerentes de compras de serviços (PMI, na sigla em inglês) do Reino Unido subiu de 47,1 para 56,6 em julho, acima do patamar de 50, o que sugere expansão na atividade. Com isso, o índice FTSE 100, referência na Bolsa de Londres, avançou 1,14%, a 6.104,72 pontos.

Também de acordo com a IHS Markit, o PMI composto da Alemanha, que engloba serviços e indústria, avançou de 47 em junho para 55,3 em julho, no maior nível em dois anos. Na zona do euro como um todo, o mesmo indicador saltou a 54,9, superando expectativas, enquanto as vendas no varejo subiram 5,7% em junho ante maio, segundo a Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia. “De forma geral, a retomada europeia permanece acelerada”, avalia o BBH, em relatório.

Advertisement

Nos Estados Unidos, pesquisa da ADP mostrou que o setor privado criou 167 mil empregos em julho, bem abaixo da projeção de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam geração de 1 milhão de postos de trabalho. Por outro lado, houve surpresa na drástica revisão do dado de junho, que passou de 2,3 milhões para 4,3 milhões.

Continua depois da publicidade

Nesse cenário, o CAC 40, de Paris, ganhou 0,90%, a 4.933,34 pontos, enquanto o DAX, de Frankfurt, registrou alta de 0,47%, a 12.660,25 pontos. No mercado alemão, ação do Commerzbank avançou 4,87%, após resultados trimestrais. Na contramão, o papel da BMW teve baixa de quase 4%, repercutindo o prejuízo de 230 milhões de euros que a montadora reportou no segundo trimestre do ano.

O FTSE MIB, de Milão, avançou 0,64%, a 19.740,20 pontos. Em Madri, o IBEX 35 se elevou 0,26%, a 4.403,01 pontos. Em Lisboa, o PSI 20 suiu 0,53%, a 4.403,01 pontos.

André Marinho
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here