Política Regional

Prefeito de Jerônimo Monteiro explica parecer prévio pela rejeição de suas contas

COMPARTILHE
Divulgação
418
Advertisement
Advertisement

O prefeito de Jerônimo Monteiro, Sergio Fonseca, emitiu nota explicando o parecer prévio pela rejeição de suas contas. No material, o gestor afirma que opositores estão aproveitando o conteúdo publicado pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE) para propagação de notícias falsas, classificadas por ele como “politicagem barata”.

Continua depois da publicidade

Sergio Fonseca explica que por se tratar de um parecer prévio a decisão não é definitiva e cabe recurso. “Sobre a matéria divulgada pelo TCE, como diz no próprio texto, é um parecer prévio, ou seja, não é definitiva a decisão que apreciou a prestação de contas de Jerônimo Monteiro de 2017, cabendo recurso de reconsideração ao Plenário do TCE e confiamos que os apontamentos serão afastados, visto que o exercício de 2017 representou avanço e melhoria das finanças municipais, se comparado ao ano anterior”.

Sobre os gastos com royalties, o gestor esclarece que foram observadas as prescrições legais, não se revelando incompatível com o que outras cidades do Estado também realizam, inclusive o próprio município de Jerônimo Monteiro desde 2013. “O apontamento apreciado pelo TCE tratou da utilização de royalties federais para pagamento de auxílio alimentação aos servidores, fato que o próprio TCE já considerou, em outros julgamentos, sem potencialidade para ensejar uma rejeição de contas”.

Politicagem

Continua depois da publicidade

Sergio Fonseca ressalta que a ação do TCE diz respeito ao caso Corolla, “confirmando a politicagem barata e mentirosa de quem não tem conhecimento daquilo que divulga, pois não há relação da utilização de royalties estaduais neste fato, sendo o caso encerrado em 04/12/2019 com a publicação do acórdão 01429/2018-5 com a total absolvição no processo”.

“Ignorantes de plantão”

“Por fim, sabemos que existem ignorantes de plantão alegando e desejando nossa impossibilidade de pré-candidatura à reeleição, ledo engano… O que comprova-se a falta de conhecimento sobre trâmites, leis e provável desespero e temor. Nossa proposta permanece, pois muito já fizemos e Jerônimo Monteiro merece mais, sob o comando de um governo sério e compromissado com o lema da nossa bandeira: paz e prosperidade”, finaliza o prefeito, em nota.

Advertisement
Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.