Cidades

Novas adutoras de água são inauguradas no interior de Guaçuí

COMPARTILHE
133
Advertisement
Advertisement

A manhã de sexta-feira (3) foi de inaugurações para a Prefeitura de Guaçuí e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do município. Obedecendo as medidas de distanciamento social para a não aglomeração de pessoas, devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), foram realizadas as inaugurações simbólicas da nova adutora de São Felipe e da nova adutora do distrito de São Pedro de Rates que já estão funcionando, mas não haviam sido inauguradas oficialmente.

Continua depois da publicidade

As solenidades simples reuniram poucas autoridades e funcionários da autarquia. Primeiro, aconteceu na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cristo Redentor, onde foi oficializada a entrega da adutora de São Felipe. Depois, uma parte dos participantes deste primeiro evento se dirigiu ao distrito de São Pedro de Rates, onde aconteceu a inauguração oficial da adutora local.

Na primeira, foram investidos mais de R$ 2,3 milhões, com uma economia de R$ 700 mil na licitação, comparado ao preço inicial do projeto. Esta economia foi o que possibilitou a construção da nova adutora de São Pedro de Rates. “Antes dessa obra, a população de São Pedro de Rates nunca sabia se teria água nas torneiras de casa, no final do dia, e o SAAE precisava transportar água para a ETA, fazendo uma média de 15 viagens por dia de caminhão pipa”, lembrou a prefeita Vera Costa. “Mas, agora, com a nova adutora, não há mais problema de abastecimento no distrito”, completa.

Continua depois da publicidade

A prefeita também lembrou os obstáculos para a concretização da adutora de São Felipe que ficou parada, porque a empresa responsável pediu falência e foi necessário fazer outra licitação, passando por todo o processo burocrático. “Foi muito problemático, mas com a união de todos, conseguimos concluir essa obra que é muito importante para Guaçuí, porque garantiu o abastecimento da cidade, sem interrupções”, destacou, agradecendo a dedicação de todos os funcionários do SAAE, principalmente, ao funcionário Wagner José Martinho – Waguinho – que ajudou na elaboração do projeto e ao conhecido “Banespa” que está na autarquia há muitos anos. “As pessoas precisam entender a importância do trabalho do SAAE e todos merecem palmas, por isso, é pena não podermos fazer uma grande festa para marcar essas inaugurações”, completou.

Dever cumprido

Waguinho, por sua vez, lembrou do início do SAAE, com apenas 3 mil ligações de água na cidade e disse que está com o sentimento de dever cumprido, com a inauguração da adutora de São Felipe que também resultou na nova adutora de São Pedro de Rates. “Fizemos o estudo junto com a Funasa e pensamos todo o tempo em facilitar a manutenção, enfrentamos dificuldades, mas nunca desistimos e, por isso, vou me aposentar no final do ano com o sentimento de dever cumprido”, afirmou. “Hoje, a adutora capta 300 milímetros e chegam, aqui na ETA, 300 milímetros de água”, complementou.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O diretor do SAAE, Ivan Viana, também destacou ser uma pena não poder fazer uma festa para marcar a entrega oficial “da, talvez, mais cara obra da atual administração”. E disse que as obras da autarquia ficam invisíveis, depois que são realizadas, ficam enterradas. “As pessoas acabam lembrando do trabalho do SAAE só quando falta água ou estoura uma rede de esgoto”, enfatizou. “E justamente hoje foi iniciada a obra do novo reservatório, onde poderemos armazenar até 500 mil litros de água que irão somar à nossa rede de distribuição”, destacou. Esta semana, o SAAE também iniciou a troca da rede de esgoto do bairro Balança, outra obra que há muito tempo era reivindicada.

Também estavam presentes ao evento na ETA do Cristo Redentor, o secretário municipal de Obras, Infraestrutura e Serviços, Marcello Lougom Rodolfo, a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Renda, Adriana Peixoto, e os vereadores Paulinho do Vitalino e Licinho, além de servidores do SAAE. Em São Pedro de Rates, também estavam presentes as mesmas autoridades, com exceção do vereador Licinho, e marcou presença o presidente da Câmara Municipal de Guaçuí, vereador Angelo Moreira. O vereador Zé Ruim, que é morador do distrito, não pode participar, porque está em isolamento, em sua casa, com suspeita de Covid-19, o que não foi confirmado por exame ainda, mas já foi realizado.

 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].