Segurança

Ex-vereador de Cachoeiro é condenado e preso por fraude em licitação

COMPARTILHE
3479
Advertisement
Advertisement

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (2), o ex-vereador de Cachoeiro de Itapemirim Fábio Mendes Glória. A prisão ocorreu em cumprimento de mandado expedido pelo juiz da 4ª vara criminal de Cachoeiro de Itapemirim. O ex-vereado foi condenado em trânsito julgado a 13 anos de prisão e multas pelos crimes de corrupção passiva, concussão e fraude em licitação.

Continua depois da publicidade

A sentença é de 2012 e o mandado de prisão foi expedido no último dia 8 de junho, mas, após várias diligências, apenas hoje a polícia conseguiu localizar o acusado que foi preso quando saía de casa, no bairro Maria Ortiz.

Crimes

De acordo com o Ministério Público Estadual, segundo denúncia, Fábio Mendes Glória, valendo-se da qualidade de agente político deste município de Cachoeiro de Itapemirim, no período abrangido entre 1997 e 2000, praticou, de maneira reiterada, solicitações e exigências de vantagens ilícitas a diversos empresários e empreiteiros ligados a contratos públicos, além de elaborar, entre os anos de 1999 e 2000, esquema de fraude ao processo licitatório de obras públicas, utilizando-se da empresa pertencente a terceiro, recebendo os valores pagos à verdadeira vencedora da licitação, lesando o caráter competitivo da licitação.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo denúncia do MP, o então vereador assediava diversos empresários, todos tendo em comum o fato de terem vencido licitações ou por contratarem com a municipalidade, com pedidos de empréstimos pessoais e de fornecimento de produtos e serviços, sempre de forma abusiva e quando contrariado, usava de mecanismos de repressão, através do uso do cargo de vereador.

 

 

Advertisement
Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.