Variedades

Morre Raul Wassermann, publisher do Grupo Editorial Summus

COMPARTILHE
19
Advertisement
Advertisement

Fundador do Grupo Summus, o editor Raul Wassermann morreu em São Paulo, no hospital Sírio Libanês, na noite desta quinta-feira, 9, aos 77 anos. Ele lutava contra um câncer há 12 anos e, apesar da doença, ainda estava na direção da editora. Seu filho, Paulo Wassermann, atual diretor executivo, deve assumir a casa criada por seu pai há 46 anos.

Continua depois da publicidade

Descendente de judeus da Bessarábia, hoje Moldávia, Raul Wassermann nasceu em Santos, no litoral paulista, estudou engenharia no Mackenzie, e depois matemática e jornalismo. Sua aproximação com o mercado editorial começou ainda na faculdade, quando ele se tornou sócio da gráfica Planinpress, que se especializou em produzir “house organs”.

Em 1974, ele fundou a Summus, que hoje é formada pelos seguintes selos e editoras: Ágora, Edições GLS, Selo Negro Edições, MG Editores, Plexus Editora e Mescla Editorial. A Summus publica obras nas áreas de psicologia, educação, comunicação, LGBT e muitas outras. Entre seus autores estão o médico Flávio Gikovate, morto em 2016.

Advertisement

Wasserman foi o primeiro presidente da Associação Brasileira de Direitos Reprográficos (ABDR), fundada em 1992 e dirigiu a Câmara Brasileira do Livro (CBL) em dois mandatos entre o final dos anos 1990 e início dos anos 2000.

Continua depois da publicidade

Em nota, a CBL prestou homenagem ao editor. “O editor e fundador da editora Summus deixa um legado para o mercado editorial como um todo. Foi um profissional do livro e um leitor de uma visão multidisciplinar e à frente do seu tempo. Como presidente da Câmara Brasileiro do Livro por duas gestões, entre 1999 e 2003, conduziu importantes projetos como o Circuito Paulista do Livro, e trouxe novos olhares e propostas para a Bienal Internacional do Livro de São Paulo.”

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.