Coronavírus

Inquérito Sorológico: resultado da 2ª fase mostra risco de sobrecarga no sistema de saúde do ES

COMPARTILHE
1039
Advertisement
Advertisement

Em coletiva na tarde desta segunda-feira (1º), o secretário de Saúde Nésio Fernandes detalhou os resultados da segunda fase do Inquérito Sorológico no ES. Ao todo, 7 mil pessoas foram testadas em 19 cidades e 69 acusaram positivo. Os municípios de Serra, Vila Velha, Cariacica e Vitória apresentaram de três a duas vezes mais casos do que na primeira etapa. Houve aumento na taxa de infecção da população de 5,14% na etapa 2
do inquérito, que significa um aumento de 141% (de 2,1% para 5,14%).

Continua depois da publicidade

Os resultados concluem, segundo relatório da Sesa, que “diante destes números considera o risco de uma sobrecarga do sistema de saúde”.

“Com os dados do estudos poderemos organizar ainda melhor o sistema de saúde de acordo com a demanda”, destacou o subsecretário de Saúde Luiz Carlos Reblim, que também participou da coletiva.

Na Região Sul os municípios testados foram: Cachoeiro, Marataízes, Alegre e Iúna. Cachoeiro teve dois casos positivos e Marataízes, cinco. Os testes rápidos foram aplicados entre os dias 27 e 29 de maio.

Sintomas

Continua depois da publicidade

Os sintomas mais comuns nos pacientes que testaram positivo para a Covid-19 foram:

-Tosse: 39%
-Perda do olfato: 37%
-Fadiga e febre: 31% e 28% dos pacientes.

Maioria positiva é de população negra ou parda

Mesmo sendo em menor quantidade durante a aplicação dos testes, a população negra e parda foi a que mais positivou, com 70% da testagem.

Advertisement

Assintomáticos

Continua depois da publicidade

A taxa de assintomáticos (pessoas que testaram positivo sem manifestar sintomas da doença) foi de 30,5%.

Clique AQUI e confira todo estudo da segunda etapa do Inquérito Sorológico no ES.

Assista a coletiva:

 

 

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.