Esporte Nacional

Governador freia volta do Campeonato Gaúcho em 19 de julho: 'Não é prioridade'

COMPARTILHE
11
Advertisement
Advertisement

A possibilidade de retomada do Campeonato Gaúcho em breve foi freada pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Nesta segunda-feira, durante uma live, ele até elogiou os protocolos preparados pela federação estadual, mas deixou claro que a volta do futebol nesse momento não é uma “prioridade”.

Atlético de Madrid só empata com Celta e tem terceiro lugar ameaçado no Espanhol

O Atlético de Madrid só empatou com o Celta, em Vigo, por 1 a...

Arsenal empata com Leicester e ajuda Chelsea a assumir o terceiro lugar no Inglês

O Arsenal empatou com o Leicester, por 1 a 1, nesta terça-feira, em Londres,...

Santos aceita derrota nos tribunais pela negociação de Neymar

O Santos emitiu uma nota, nesta terça-feira, na qual aceitou a derrota imposta pela...

Em reunião recente, representantes da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) apresentaram documento em que previam a volta do Estadual para 19 de julho. Para o governador, porém, a disputa dos jogos, mesmo sem a presença de torcedores nos estádios, vai provocar aglomerações de pessoas para assisti-las pela TV.

“O retorno do futebol neste momento não é uma prioridade. Por mais que seja com portões fechados, provocará aglomerações de amigos. Precisamos ganhar tempo”, afirmou Leite.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

Incluindo Porto Alegre e as cidades no seu entorno, o Rio Grande tem seis regiões em “bandeira vermelha”, ou seja, com alto risco de contágio do novo coronavírus. Ainda assim, Grêmio e Internacional seguem trabalhando nos seus CTs, ainda que apenas com trabalhos físicos.

Na live, Leite explicou que os protocolos da federação serão avaliados nos próximos dias. E só em um cenário em que a retomada do Campeonato Gaúcho seja factível serão liberados os treinamentos com contato físico.

“Estamos analisando dados, informações dos pedidos da FGF e por enquanto o que está permitido é preparação física como em uma academia, sem contato. Estamos passando por um momento sensível. Estamos analisando a possibilidade de retorno, e assim, claro, os treinos com contato físico”, disse o governador do Rio Grande do Sul.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.