Internacional

1ª emenda não dá direito a saques, só protesto pacífico, diz porta-voz dos EUA

COMPARTILHE
7
Advertisement
Advertisement

Porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany defendeu o trabalho da polícia dos Estados Unidos para conter violência em protestos nos últimos dias. “A primeira emenda (da Constituição) dá às pessoas o direito de fazer assembleias pacíficas, não a saquear”, afirmou ela hoje, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira, 3,.

Vitória em eleição na Polônia fortalece populismo de direita no Leste Europeu

Não foi fácil, mas o presidente Andrzej Duda foi reeleito para mais um mandato...

EUA/Tesouro: gastos com coronavírus levam déficit de junho a US$ 684 bilhões

O déficit orçamentário dos Estados Unidos ficou em US$ 684 bilhões em junho, quase...

Pompeo: reivindicação de Pequim por recursos em boa parte do Mar do Sul é ilegal

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, afirmou em comunicado divulgado na tarde desta...

McEnany afirmou que o presidente Donald Trump e o governo como um todo lamentam a morte de George Floyd, um homem negro que foi morto sufocado por um policial branco em Minnesota, episódio que foi o estopim para protestos nos últimos dias no país. Segundo ela, porém, é preciso manter “a lei e a ordem”. “Os policiais têm o direito de se defender”, comentou, citando episódios de violência contra agentes em várias cidades americanas nos últimos dias. “Os anarquistas não prevalecerão.”

A porta-voz foi questionada sobre o fato de que Trump ameaçou lançar mão do Insurrection Act, uma lei que permitiria o envio de membros da Guarda Nacional para patrulhar as ruas e evitar problemas nos protestos. Segundo ela, não há decisão sobre o tema. Anteriormente, o secretário da Defesa, Mark Esper, havia afirmado ser contrário a essa opção. McEnany disse que o presidente mantém a confiança em Esper e que ele continua secretário, ao ser questionada sobre a divergência.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

Perguntada sobre eventuais mudanças no monitoramento do trabalho dos policiais, após a morte de Floyd, McEnany disse que existem discussões sobre o tema no governo, mas que ainda não foram tomadas decisões.

A porta-voz informou também que a Casa Branca deve divulgar em breve resultados recentes sobre exames médicos do presidente. De acordo com ela, Trump “continua saudável”.

Contato: [email protected]

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.