Grande Vitória

Vila Velha implementa Disk Aglomeração e torna obrigatório uso de máscaras

COMPARTILHE
82
Advertisement
Advertisement

Vila Velha ampliou as medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O decreto nº 094-R, publicado no Diário Oficial do município nesta segunda-feira (11), define a implementação do Disk Aglomeração; a obrigatoriedade do uso de máscara pela população; a redução da permanência de pessoas nos calçadões das praias, praças, quadras, parques urbanos e ambientais; além de determinar que os estabelecimentos abertos não poderão funcionar com mesas e cadeiras, entre outras determinações.

Município da Serra é condenado pelo desaparecimento de restos mortais em cemitério

A Vara da Fazendo Pública Municipal da Serra determinou que uma família recebaR$25 mil...

Vitória reduz iluminação da areia na praia de Camburi para evitar aglomerações

Como forma de reduzir a quantidade de pessoas na praia de Camburi à noite...

Comércio de rua da Grande Vitória poderá reabrir em dias alternados

Em coletiva o início da noite desta sexta-feira (8), o governador Renato Casagrande, informou...

A Prefeitura de Vila Velha expandiu mais um canal de denúncia de locais com aglomerações por meio do “Disque-Aglomeração”, operado pelo robô virtual “Plantão Coronavírus”, via WhatsApp, pelo número (27) 99802-5324.  O robô recebe as demandas e, em segundos, as envia para a  coordenação operacional da Guarda Municipal para as providências necessárias.

Sobre a utilização de máscara, é obrigatória para toda a população, especialmente em vias públicas, no transporte coletivo, no interior de estabelecimentos comerciais ou de serviços, principalmente por pessoas assintomáticas.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Há também determinação para evitar aglomerações de pessoas nos calçadões das praias, praças, quadras desportivas, parques urbanos e unidades de conservação ambiental do município, inclusive o Morro do Moreno, bem como às áreas internas dos condomínios residenciais – restringido assim a possibilidade de transmissão do vírus.

Quanto aos estabelecimentos com funcionamento permitido, conforme Decreto Estadual nº 4635/2020 alterado pelo Decreto Estadual nº 4644/2020, como aqueles do ramo de alimentos, não poderão manter mesas, cadeiras e equipamentos relacionados à atividade em passeios públicos.

Ainda entre as medidas de prevenção recomentadas à população: a disponibilização de álcool 70% ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar em pontos estratégicos para higienização das mãos, intensificar a higienização de utensílios e equipamentos com álcool 70% e manter afastamento mínimo de 1,5 m de raio entre as pessoas.

Confira na íntegra o decreto clicando AQUI.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.