Cidades

Prefeitura de Cachoeiro quer isenção de taxa de energia para consumidores de baixa renda

COMPARTILHE
Divulgação PMCI
334
Advertisement
Advertisement

A Prefeitura de Cachoeiro encaminhou à Câmara Municipal, nesta terça-feira (5), um projeto de lei que visa a isenção, por três meses, do pagamento da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip) a consumidores de baixa renda, beneficiários da tarifa social de energia. No total, 5.072 consumidores cachoeirenses deverão ser beneficiados com a medida, a ser aplicada no período de 1º de junho a 30 de agosto de 2020.

Continua depois da publicidade

A Cosip é um imposto incluído na conta de energia elétrica, cujo valor é direcionado aos municípios. Tendo em vista a crise ocasionada pela pandemia do novo coronavírus, o governo federal publicou uma medida provisória que isenta consumidores enquadrados na Subclasse Residencial Baixa Renda (consumo de até 220 kWh/mês) do pagamento de impostos relacionados ao consumo de energia. Com isso, a EDP Escelsa recomendou aos municípios capixabas que aplicassem a mesma medida com relação à Cosip.

De acordo com a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfa), a previsão é de que Cachoeiro deixe de arrecadar R$ 120 mil com a medida, o que corresponde a 3,97% do total de arrecadação com a Cosip em 2020.

“Esse projeto prevê adequações importantes à Lei de Diretrizes Orçamentárias do município, tendo em vista as mudanças radicais impostas pela pandemia e as novas previsões de receitas com impostos”, explica o secretário municipal de Fazenda, Márcio Guedes.

Continua depois da publicidade

“Nosso objetivo é aliviar os gastos dos mais necessitados, sobretudo, neste momento de maior dificuldade, sem deixar de tomar medidas que garantam a recuperação econômica do município a médio e longo prazo”, completa o prefeito Victor Coelho.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].