Segurança

Polícia prende, em Piúma, suspeito de ter matado mulher de 69 anos em Itapemirim

COMPARTILHE
Foto: leitor/Aqui Notícias
823
Advertisement
Advertisement

O suspeito de ter matado a ex-companheira em Itapemirim foi preso no final da tarde desta sexta-feira (22), em Piúma. A prisão foi feita por um policial civil. Ele estava de folga, mas reconheceu o suspeito, que estava em uma rua da cidade. O corpo da vítima, Salete da Silva, 69 anos, foi encontrado em avançado estado de decomposição na quarta-feira (20), em Campo Acima, interior de Itapemirim.

Continua depois da publicidade

Segundo informações da Polícia Civil (PC), as suspeitas apontam que o rapaz, de 23 anos, tinha um relacionamento amoroso com a vítima. Durante o interrogatório, o homem disse que não a via há sete meses e que tinha, com ela, uma filha de 16 anos.

Ao ser confrontado com o fato de que teria somente sete anos de idade quando a suposta filha nasceu, o suspeito mudou a versão e passou a alegar que esteve com a vítima no último sábado (16), e dormiu na casa dela, sendo que na manhã do domingo (17), a vítima teria caído no chão por causa de uma overdose de droga.

O suspeito alegou que saiu da casa sem chamar o socorro médico, pois ficou assustado. O suspeito foi encaminhado ao CDP de Marataízes, onde ficará preso temporariamente, enquanto a investigação prossegue.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].