Segurança

Jerônimo Monteiro: ex-presidente da câmara que furtou lei municipal e escondeu por cinco anos é preso pela PM

COMPARTILHE
Foto: Arquivo
6399
Advertisement
Advertisement

O ex-presidente da câmara de Jerônimo Monteiro, Wanderley da Silva Santos, 49 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira (4), após ter sido flagrado pela Polícia Militar na localidade de Papagaio, no mesmo município.

Continua depois da publicidade

Ele foi visto dirigindo um veículo na região e reconhecido pelos militares, momento em que foi abordado e preso. Contra ele, havia um mandado em aberto por crime de supressão de documentos.

Silva era presidente da Câmara de Vereadores de Jerônimo Monteiro e aprovou e publicou a Lei nº 006/2008, que fixou os subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários mandato de 2009/2012.

Após a aprovação da referida Lei, constatou-se o desaparecimento do projeto de Lei nº 006/2008, cujas cópias originais só vieram a aparecer em dezembro de 2012, e que estavam com Wanderley.

Continua depois da publicidade

Ficando provada a autoria e a materialidade do crime, já que o ex-vereador furtou a Lei em setembro de 2008 e só veio a devolvê-la em dezembro de 2012, não havendo nenhuma justificativa para tal fato.

Ele foi condenado à dois anos e seis meses de prisão em regime semiaberto pelo crime de Supressão de Documentos, no Artigo 305 do Código Penal.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].