Cidades

Em três dias, Guaçuí registra quatro casos de covid-19 e número de infectados sobe para 12

COMPARTILHE
964
Advertisement
Advertisement

Guaçuí registrou, de terça (28) para quinta-feira (30), mais quatro casos confirmados de Covid-19. O município subiu de oito casos para 12, sendo que destes, dois foram considerados curados e os outros 10 estão em isolamento domiciliar. O município não tem pacientes contaminados pelo Coronavírus internados. O boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), mostra 12 casos confirmados, de um total de 63 casos notificados, no município, além de 20 casos suspeitos aguardando resultado e outros 31 descartados por laboratório.

Continua depois da publicidade

Todos os 10 casos confirmados e suspeitos estão sendo monitorados e se encontram em isolamento social, em suas residências. Segundo a Vigilância Epidemiológica de Guaçuí, as pessoas que tiveram contato com esses pacientes também estão sendo monitoradas. A Vigilância não passa mais informações pessoais sobre as pessoas infectadas, apenas os bairros em que residem.

Dos 10 casos confirmados, três são moradores do Centro da cidade, dois do bairro São José (Avenida José Alexandre), dois do Manoel Monteiro Torres, um da Vila dos Professores, um do Cid Moreira e um do bairro Jurema. E quanto aos dois casos curados, um é morador do Centro da cidade e outro do bairro Antônio Martins.

No boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que atualiza os dados até as 17 horas, Guaçuí ainda aparece com os oitos casos confirmados de terça-feira, o que, às vezes, gera dúvidas na população. Contudo, isso acontece apenas pelo fato dos resultados chegarem primeiro para o município que lança os dados no sistema e depois entram no boletim do governo.

Calamidade pública

Continua depois da publicidade

Nesta quinta-feira, a Assembleia Legislativa aprovou o reconhecimento oficial do estado de calamidade pública em 17 municípios capixabas devido à pandemia do novo coronavírus, entre estes está Guaçuí. Isso tem validade até 31 de julho e, com ele, as prefeituras ficam dispensadas de cumprir metas fiscais e podem elevar os gastos públicos, mas isso será fiscalizado por uma frente parlamentar composta por deputados estaduais que irão acompanhar as contas municipais referentes a este período.

Além de Guaçuí, também entraram em estado de calamidade pública os municípios de Aracruz, Dores do Rio Preto, Fundão, Guarapari, Ibiraçu, Jerônimo Monteiro, Linhares, Montanha, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Mateus, Serra, Viana, Vila Pavão e Vitória. O pedido para o reconhecimento da situação de calamidade pública foi feito pelos prefeitos em discussão junto com a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes).

Por sua vez, a Prefeitura de Guaçuí segue com as medidas que vêm sendo tomadas desde o começo de março, quando foram suspensas as atividades da Terceira Idade, até a implantação das barreiras sanitárias, desinfecção das ruas e o uso obrigatório de máscaras. Além do isolamento e distanciamento social, evitando aglomerações.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Quem puder tem que ficar em casa e, se sair, tem que usar máscara, porque assinamos um decreto que torna isso obrigatório, e só depende de todos nós fazer com que os casos não cresçam em Guaçuí e a Prefeitura está trabalhando praticamente 24 horas por dia para isso”, afirma a prefeita Vera Costa. E o cidadão que quiser denunciar qualquer atitude que vá contra as medidas previstas nos decretos estadual e municipais, pode denunciar pelo telefone (28)99923-9942, por meio de mensagens.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].