Geral

PF caça 6 por garimpo e desmatamento 'intenso' em terra indígena durante pandemia

COMPARTILHE
9
Advertisement
Advertisement

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta, 28, a operação Alfeu em Pontes e Lacerda (MT) para investigar uma associação criminosa voltada ao desmatamento e garimpo ilegal no Rio Sararé. A área está localizada em uma terra indígena, onde as investigações apontam a ocorrência de graves danos ambientais ao rio e à vegetação ciliar. Segundo a PF, levantamentos indicam que as degradações aumentaram intensamente durante a pandemia do novo coronavírus.

Brasil registra média diária de 1.036 mortes por covid-19

Nos últimos sete dias, o Brasil registrou uma média diária de 1.036 mortes por...

Estado do Rio registra 9 novos casos e 9 mortes pela covid-19 neste domingo

O Estado do Rio de Janeiro registrou 9 mortes por covid-19 e 9 novos...

São Paulo tem mais de 370 mil casos confirmados do novo coronavírus

São Paulo já tem mais de 370 mil casos confirmados do novo coronavírus. De...

Cerca de 200 agentes cumprem seis mandados de prisão e sete mandados de busca e apreensão. As ordens foram expedidas pela 2ª Vara da Justiça Federal de Cáceres.

Concomitante, a PF realiza a desocupação do garimpo ilegal, em ação integrada com o Exército Brasileiro.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

A corporação informou que os instrumentos utilizados pela associação criminosa serão apreendidos e inutilizados, conforme determinação pela Justiça.

Participam da ação policiais federais, militares, agentes da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Segundo a PF, precauções estão sendo adotadas para que os integrantes da associação criminosa não entrem nas aldeias indígenas localizadas próximas à área de extração. O Exército realiza um bloqueio no local, com dezenas de militares impedindo a chegada dos garimpeiros.

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.