Geral

Preocupado com o avanço da covid-19, papa liga para arcebispo de São Paulo

COMPARTILHE
Pope Francis gathers his thoughts during Easter Sunday Mass on April 12, 2020 behind closed doors at St. Peter's Basilica in The Vatican, during the lockdown aimed at curbing the spread of the COVID-19 infection, caused by the novel coronavirus. (Photo by Andreas SOLARO / POOL / AFP)
252
Advertisement
Advertisement

O papa Francisco ligou por volta das 11h40 deste sábado, 9, para o arcebispo de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Scherer, para manifestar grande preocupação pelo número crescente de doentes e pelas perdas de vidas humanas diante do avanço do coronavírus. Francisco prometeu rezar para todos.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Segundo Dom Odilo, o pontífice também quis saber como estão os pobres e expressou sua preocupação pela situação deles, “sabendo que nem sempre eles têm casa, nem condições adequadas para seguir as medidas preventivas contra o contágio”.

No ligação ao Cardeal, o papa teria manifestado sua proximidade e solidariedade com toda a população de São Paulo e disse que estava “orando por nós”.

Em nota, Dom Odilo disse estar surpreso com a ligação e afirmou que as palavras do papa Francisco eram motivo de “grande conforto para nós e que as transmitiria a todos, juntamente com sua bênção apostólica”.

Continua depois da publicidade

Epicentro da doença no País, o Estado de São Paulo concentra o maior número de casos confirmados e de mortes. De acordo com balanço da Secretaria Estadual da Saúde, já são 3.416 mortos e 41.830 casos confirmados. Na Grande São Paulo, a ocupação dos leitos de UTI já é de 89,6%. No Estado, é de 70%. O avanço da doença fez o governador João Doria (PSDB) prorrogar a quarentena em todo o Estado até o dia 31 deste mês. Ele classificou o cenário como “desolador”.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.