Cidades

Veja detalhes de como será o funcionamento do comércio de Cachoeiro

COMPARTILHE
2325
Advertisement
Advertisement

Na manhã desta sábado (4), a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim prorrogou para o dia 12 as medidas restritivas e publicou um informativo que traz detalhes sobre o decreto que permite a abertura de grande parte das lojas do município. Confira as orientações:

Selo de turismo atesta o combate ao coronavírus em nove municípios da Região Serrana do ES

Com o objetivo de organizar e integrar a retomada do fluxo turístico em nove...

Caixa abre 12 agências no ES neste sábado (6) para pagamento de auxílio emergencial; veja os locais

A Caixa vai abrir, neste sábado (6), 12 agências no Espírito Santo para atendimento...

Após servidor confirmado com Covid-19, secretarias de Meio Ambiente e Agricultura são desinfectadas em Cachoeiro

Após a confirmação de que um servidor da Secretaria de Meio Ambiente de Cachoeiro...

 

Comércio

Advertisement
Continua depois da publicidade

* Todo o tipo de comércio pode funcionar em regime de entrega e de retirada de produtos, e algumas atividades estão liberadas para realizar atendimento ao público, observando o limite de 40% de capacidade dos estabelecimentos e outras determinações.

* Restaurantes, por exemplo, estão liberados para atender clientes, mas apenas no horário das 10h às 15h. Barbearias e salões de beleza poderão atender um cliente por vez no estabelecimento, mediante agendamento prévio, por telefone ou internet. O espaço deve ser higienizado entre os atendimentos.

* Os estabelecimentos de venda de óculos por receituário poderão funcionar, em regime de porta aberta, apenas para atendimento aos clientes que necessitem adquirir ou realizar manutenção em óculos com grau.

* Os estabelecimentos de hotelaria e hospedagem estão liberados para receber clientes, até 40% de sua capacidade, e o funcionamento dos estacionamentos rotativos privados está permitido, até as 17h.

Advertisement

* As lojas de venda de produtos veterinários, relacionadas às vendas de medicamentos veterinários e alimentação animal, devem controlar o ingresso no estabelecimento, com acesso simultâneo de duas pessoas por vez e oferecer, na entrada, material de higienização pessoal. Serviços de banho e tosa, apenas a partir de agendamento.

 

Construção civil e indústria

* Para a atividade de construção civil, há recomendações: redução do quadro de operários a 40%, distanciamento de 1,5 m entre eles, uso de equipamentos de proteção individual, normas de higienização no local da obra, redução ou rodízio de jornadas de trabalho e proibição de trabalho presencial do grupo de risco.

* Para o setor industrial, recomenda-se manter normas de higienização, de distanciamento social, redução e/ou rodízio de jornadas de trabalho e de possibilidade de home office para setor administrativo e vedação do trabalho presencial do grupo de risco.

 

Feiras Livres

* As Feiras Livres da Agricultura Familiar serão retomadas na próxima semana, com exceção da realizada na Ilha da Luz, que ficará suspensa, a princípio, por mais uma semana.

* As barracas deverão ficar a uma distância mínima de 1,5 metro umas das outras e o atendimento aos clientes será feito em fila, com até duas pessoas, por barraca. Os feirantes terão que usar máscara e álcool em gel. Produtores com mais de 60 anos, sintomas de gripe ou doença crônica não poderão participar.

* As feiras liberadas são as dos bairros Independência (às quartas, das 6h às 10h) e Nova Brasília (aos sábados, das 6h às 10h) e a do distrito de Itaoca (às quartas, a partir das 17h).

 

Bancos e lotéricas

* Nas instituições bancárias, apenas os caixas eletrônicos funcionarão. Já as lotéricas e assemelhados poderão admitir o ingresso de pessoas até 40% de sua capacidade. Esses estabelecimentos também deverão servir produtos de higienização ao público e manter a totalidade de seus caixas abertos, garantindo, em cada um, até três pessoas na fila.

 

Escolas, repartições municipais e transporte

* O mesmo decreto municipal prorroga, até o dia 30 de abril, a suspensão das aulas nas escolas da rede municipal e das atividades dos núcleos de qualidade de vida, projetos sociais, educacionais ou de rendimento esportivo, públicos e privados.

* A utilização de equipamentos públicos de lazer e esporte tais como parques, praças, quadras, ginásios, campos e demais espaços públicos de uso comum, cercados ou não, destinados à prática de atividades esportivas, culturais e turísticas também permanecerá vedada até o dia 30 deste mês.

* Pelo mesmo prazo, foi prorrogada a suspensão dos serviços prestados pelo Centro de Convivência Vovó Matilde, os serviços de fortalecimento de vínculos dos idoso, os eventos esportivos realizados pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e a possibilidade de visitação dos centos culturais.

* No transporte coletivo, continua valendo a determinação para os ônibus circularem apenas com passageiros sentados e janelas abertas.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.