Coronavírus

Barreiras sanitárias são instaladas na entrada das unidades socioeducativas do ES

COMPARTILHE
Divulgação Iases
284
Advertisement
Advertisement

O Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) tem adotado novas medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19) no sistema socioeducativo. Nesta semana, foram implementadas barreiras sanitárias na portaria das unidades, com adoção de estratégias e procedimentos obrigatórios para evitar o contágio da doença.

Continua depois da publicidade

Na entrada da unidade, passa a ser obrigatória a aferição da temperatura e a higienização dos calçados dos servidores, nos pedilúvios – caixas metálicas que abrigam uma esponja embebida em uma solução desinfetante para limpeza das solas de sapatos – equipamento instalado pelo Iases nas portarias de acesso. Desde o mês de março, está proibida a entrada nas unidades de qualquer pessoa que apresente sintomas de síndrome gripal. Também estão temporariamente suspensas as visitas familiares.

A subgerente de Saúde do Iases, Graziele Rodrigues da Silva Duda, destacou que o uso do pedilúvio é uma medida que complementa outras ações de prevenção já adotadas pelo Iases. “Não basta somente a higienização das mãos, sendo que os pés também consistem num grande meio de contaminação dos espaços e, por conseguinte, na propagação da doença”, disse.

Outra medida importante é a vedação de acesso ao ambiente interno da unidade sem a utilização adequada da máscara de pano. Na última semana, foi iniciada a entrega de mais de 4 mil máscaras permanentes em todas as unidades socioeducativas. Cada servidor irá receber quatro unidades, para serem utilizadas diariamente enquanto durar a pandemia.

Continua depois da publicidade

Para garantir a eficácia das medidas adotadas, o Iases conta com o apoio dos operadores de videomonitoramento, que atuam na vigilância dos ambientes socioeducativos, comunicando casos de permanência ou circulação de pessoas que não estiverem utilizando máscaras.

 

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].