Coronavírus

'É inevitável, todo mundo vai ter contato com o vírus', diz Ministério da Saúde

COMPARTILHE
1029
Advertisement
Advertisement

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, disse que a contaminação de toda a população pelo novo coronavírus é uma situação inevitável. A questão é a velocidade em que isso vai ocorrer, para que todos aqueles que precisarem de apoio médico, possam encontrar a estrutura necessária.

Combinação com hidroxicloroquina apresenta risco para pacientes

Pacientes de câncer com a covid-19 e que foram tratados com uma combinação de...

Guaçuí registra 3º óbito por Covid-19 e mais casos são confirmados

Nesta quinta-feira (28), foi registrada mais uma morte por Covid-19, em Guaçuí, conforme Boletim...

Brasil registra recorde de 26,7 mil novos casos de coronavírus em 24 horas

O Brasil contabilizou 1.156 novas mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, elevando...

Gabbardo ponderou que, apesar da contaminação generalizada prevista no longo prazo, cerca de 86% dos infectados sequer vão perceber ou ter sintomas, dadas as suas condições de saúde, idade e imunidade, entre outros fatores. Os demais 14% podem precisar de apoio médico. Boa parte desses será tratada, mas uma parte menor não vai resistir.

A tendência, segundo o secretário, é que haja uma desaceleração no ritmo no médio prazo. Gabbardo disse que, ao longo do tempo, não se sabe em quanto tempo, ao menos 50% das pessoas vão ter tido contato com o vírus e vão criar imunidade. “Eu já tive? Estou imunizado. Entro em contato com outro, não transmito. Isso vai acontecer lentamente. O fluxo só reduz quando tem 50% das pessoas já imunizadas”, disse o secretário. “Imaginar que, se botássemos uma máscara, e vivêssemos em uma bolha, não teríamos o vírus…”

Advertisement
Continua depois da publicidade

Gabbardo declarou que, na prática, a situação só tende a cair quando a maior parte da população criar imunidade. “Isso vai deixar de existir quando nós tivermos uma vacina. Agora, o que a gente procura fazer é que essa transmissão ocorra numa velocidade baixa, para que a gente possa ter tempo para tratar isso”, comentou o secretário-executivo.

Mateus Vargas e André Borges
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.