Política Nacional

Araújo: Bolsonaro e Trump queriam trocar planejamento nesse momento difícil

COMPARTILHE
17
Advertisement
Advertisement

O chanceler Ernesto Araújo afirmou que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se colocou à disposição do Brasil “no que for necessário” para o combate ao novo coronavírus. Ele afirmou que os dois líderes não trataram especificamente de medidas de confinamento e quarentena. “Bolsonaro e Trump queriam trocar encorajamento nesse momento difícil”, relatou Araújo. O ministro de Relações Exterior justificou o fechamento de fronteira entre os países como “parte de restrições globais que os países estão adotando”.

Bolsonaro diz que avalia deixar OMS caso órgão mantenha atuação partidária

Repetindo seu colega norte-americano Donald Trump, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 5,...

Bolsonaro sobre atraso dados da covid-19: 'Acabou matéria no Jornal Nacional'

Questionado sobre o terceiro dia com atraso seguido na divulgação de mortos e infectados...

Pelo 3º dia seguido, ministério atrasa divulgação de dados sobre covid-19

Pelo terceiro dia consecutivo, o Ministério da Saúde irá divulgar balanço de infectados e...

“(Eles) falaram da cooperação, o presidente Trump se colocou à disposição para a cooperação com o Brasil no que for necessário, na parte logística, na parte médica. Isso é algo que, dadas as capacidades dos Estados Unidos, certamente pode ser muito importante para o Brasil”, disse o ministro durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

“O telefonema do presidente Bolsonaro com o presidente Trump hoje foi a conversa de dois presidentes de dois países que são parceiros muito próximos, de dois presidentes que são parceiros muito próximos, e que queriam, antes de mais nada, trocar encorajamento nesse momento difícil para ambos, para o mundo todo no enfrentamento dessa situação, dessa pandemia”, afirmou em outro momento. “O telefonema foi basicamente para uma conversa de reconhecer o momento difícil e de trocar essa disponibilidade de cooperação, que no caso da cooperação que a gente pode receber dos Estados Unidos é muito importante.”

Advertisement
Continua depois da publicidade

Julia Lindner, André Borges, Idiana Tomazelli e Lorenna Rodrigues
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.