Política Regional

Sérgio Vidigal diz que é injusta denúncia por desapropriação de terreno

COMPARTILHE
73
Advertisement
Advertisement

O deputado federal Sérgio Vidigal (PDT-ES) afirmou, nesta quarta-feira (11), que a ação de improbidade administrativa por suposta desapropriação irregular de terreno é injusta e que se trata de perseguição política.

Assembleia Legislativa do ES vai suspender recesso parlamentar de julho

O presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, deputado Erick Musso (Republicanos), decidiu suspender...

Deputado Luciano Machado doa 30% do salário para o Hospital de Alegre

Nesta segunda-feira (25), o deputado estadual Luciano Machado (PV) esteve em Alegre com representantes...

Ex-deputado federal do ES é condenado à prisão e perda do cargo de diplomata

Acompanhando entendimento do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região...

“O recebimento da ação de improbidade pela Justiça não se aprofundou na análise das provas apresentadas na defesa prévia”, disse Sérgio Vidigal.

O Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES) já se debruçou sobre o assunto por meio de uma auditoria. Além de não verificar qualquer irregularidade, não vislumbrou qualquer incompatibilidade entre o preço de mercado e o valor pago pela desapropriação.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Repudiamos quaisquer tipos de acusações, uma vez que não houve irregularidade e também não vislumbrou qualquer incompatibilidade entre o preço de mercado e o valor pago pela desapropriação. valor incompatível entre o preço de mercado e o valor pago pela desapropriação”, comentou Vidigal.

À época dos fatos, o próprio particular que teve o terreno desapropriado. Em nota à imprensa, disse que “foram necessários 100 mil m3 de aterro para nivelar a área. Hoje, ela vale mais de R$ 4,5 milhões”, e acrescentou que “se a prefeitura quiser o valor de volta, aceitaremos e ainda devolveremos o valor pago corrigido”.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.