Coronavírus

Recurso do Fundo de Penas Pecuniárias vai ajudar Santa Casa de Cachoeiro a enfrentar coronavírus

COMPARTILHE
335
Advertisement
Advertisement

Em meio à pandemia do coronavírus, a Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro, referência no tratamento da doença no Sul do Estado, vai receber recurso de R$ 350 mil para se preparar contra a contaminação da Covid-19. O recurso será utilizado exclusivamente para a manutenção de 10 respiradores e material de proteção para os funcionários, como máscara, avental, luvas e outros insumos.

Continua depois da publicidade

A liberação foi assinada pela juíza Rosalva Nogueira Santos da Segunda Vara Criminal de Cachoeiro de Itapemirim. O dinheiro, que normalmente é utilizado em projetos sociais, é de origem do Fundo de Penas Pecuniárias, que é mantido pela arrecadação de valores estipulados para réus condenados pela Justiça com sentença inferior a dois anos de prisão.

A magistrada explicou que essa decisão é uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e também do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) para que esse recurso seja utilizado excepcionalmente no enfrentamento ao coronavírus.

“E como a Santa Casa foi escolhida como referência no tratamento dessa demanda, nada mais justo que o hospital fosse beneficiado com esse recurso”, disse.

Continua depois da publicidade

Segundo ela, a motivação do repasse foi em relação ao trabalho realizado pelo hospital no tratamento da doença, no entanto, a compra desses materiais e equipamentos vai continuar beneficiando a população do Sul do Estado quando a pandemia tiver erradicada.

“Quando passar essa situação, o hospital vai ficar equipado com 10 respiradores que vão poder atender também a outras demandas que porventura possam surgir futuramente”.

Preparação

Advertisement
Continua depois da publicidade

O superintendente da Santa Casa, pe. Evaldo Ferreira, explicou que esse recurso chegou em boa hora porque vai ampliar o número de respiradores à disposição da população.

“Essa ajuda vai permitir o hospital ampliar seus equipamentos e garantir a segurança dos profissionais que atuam diretamente no atendimento dos pacientes, além de oferecer o melhor tratamento para os doentes vítimas da covid-19”, disse.

Atualmente a Santa Casa tem 13 leitos de UTI prontos para receber esses pacientes e, caso seja necessário, vai disponibilizar outras vagas à medida em que for surgindo a demanda.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected]com.