Sem categoria

Prefeitura de Guaçuí define ações para a prevenção do coronavírus

COMPARTILHE
178
Advertisement
Advertisement

A prefeita de Guaçuí, Vera Costa, convocou uma reunião, na manhã desta segunda-feira (16), para tratar sobre as ações que visam a prevenção da disseminação do novo coronavírus (Covid-19) que tem registrado casos confirmados no Espírito Santo.

Iúna registra primeiro óbito por coronavírus

O município de Iúna registrou nesta sexta-feira (1), a primeira morte por coronavírus. O...

Governo do ES lança sistema público para consulta dos dados da Covid-19

O Governo do Estado lançou, nesta quarta-feira (15), um sistema público para consulta dos...

Sociedade Brasileira de Radioterapia orienta pacientes com câncer a manterem tratamento

A pandemia de coronavírus impôs em boa parte do mundo o isolamento social, uma...

Apesar de não haver casos no município e região, a ideia da administração municipal é agir com o objetivo de evitar que o vírus contamine pessoas em Guaçuí e a cidade chegue à situação em que se encontram os municípios da Região Metropolitana e Linhares, que foram declarados territórios com transmissão local.

Diante disso, além da prefeita, estiveram na reunião o secretário municipal de Saúde interino, Werton dos Santos Cardoso, o secretário municipal de Educação interino, Liomar Luciano de Oliveira – Mazinho, a secretária municipal de Gestão Administrativa e Recursos Humanos, Waleska Guaitolini, a secretária municipal de Governo e Articulação Institucional, Maria Alice Moulin, o procurador adjunto do município, Douglas de Souza Rodrigues, a superintendente de Projetos da Educação, Márcia Oliveira, a superintendente administrativa da Saúde, Fabrícia Souza de Paula Salgado, a superintendente de Regulação, Agendamento e Atendimento ao Cidadão da Saúde, Macrina Nascente Santos, e o coordenador de Atenção Primária da Saúde, Fabiano dos Santos Souza.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Na área da educação, ficou decidido que, a partir desta terça-feira (17), serão suspensos todos os eventos que estivessem programados nas instituições de ensino da rede municipal e os alunos ao chegarem as escolas devem ir direto para as salas de aula, evitando qualquer aglomeração, ou seja, não haverá a execução do Hino Nacional ou oração, como acontece na maioria delas. “Também vamos suspender os recreios coletivos, com as turmas tendo intervalos separados, iremos fazer atividades que incentivem a higiene pessoal e manter as salas com portas e janelas abertas, bem arejadas”, explicou o secretário de Educação, Liomar Luciano de Oliveira.

O secretário disse, ainda, que haveria uma reunião com todos os diretores, ainda nesta segunda, para passar essas orientações e solicitar que comuniquem aos pais que crianças que apresentem qualquer sintoma, como coriza, tosse e febre, não devem ir para a escola. “No caso das creches e pré-escola, que não há questão da reprovação por falta, é mais fácil, mas no ensino fundamental, é preciso providenciar um atestado, até porque essa criança com sintoma deve ser levada ao médico”, completa Mazinho.

Saúde

Já no caso da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), o município vai seguir as recomendações colocadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), para todos os municípios, que estão baseadas em determinações do Ministério da Saúde, levando em conta que, no Espírito Santo, ainda não há recomendação para cancelamentos de atividades escolares, instalação imediata de regimes de teletrabalho, cancelamento de reuniões técnicas, etc. Desta forma ficam mantidas algumas medidas gerais a todos os municípios (veja abaixo). “Vamos seguir as recomendações colocadas pela Secretaria do Estado da Saúde, como reforçar as orientações de prevenção, providenciar o isolamento na hipótese de algum caso sintomático, entre outras ações”, coloca o secretário municipal de Saúde, Werton dos Santos Cardoso.

Advertisement

A prefeita Vera Costa convocou a reunião para a manhã de segunda-feira, para que as ações fossem agilizadas com rapidez e sem demora, visando a prevenção, justamente por ainda não haver casos suspeitos no município. “Nós preferimos pecar pelo excesso do que pela falta de ações”, afirmou. “Temos que buscar a prevenção de todas as maneiras possíveis, para evitar que precisemos passar por alguma situação que coloque em risco a vida de moradores de Guaçuí”, completa.

Medidas de prevenção do Coronavírus

– Reforçar a divulgação da Etiqueta respiratória que traz as orientações individuais de prevenção.

– Fazer o isolamento de paciente sintomático, domiciliar ou hospitalar, dos casos suspeitos por até 14 dias.

– Maior atenção na triagem em serviço de saúde, recomendando que os pacientes, com a forma leve da doença, não procurem atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e serviços terciários, e utilizem a infraestrutura de suporte existente nas unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF).

– Uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) para doentes, contatos domiciliares e profissionais de saúde.

– Realizar o monitoramento dos contatos próximos e domiciliares de doentes.

– Divulgação ampliada das definições de casos atualizada e sensibilização da rede de saúde pública e privada para identificação.

– Realização de campanhas de mídia para sensibilização da população sobre etiqueta respiratória e auto isolamento na presença de sintomas.

– Estimular a prescrição de medicamento de uso contínuo com validade ampliada, no período do outono-inverno, para reduzir o trânsito desnecessário nas unidades de saúde e farmácias.

– Disponibilizar, nos setores de saúde pública e privada, locais para lavar as mãos com frequência; compartimentos com álcool em gel na concentração de 70%; toalhas de papel descartáveis; ampliação da frequência de limpeza de piso, corrimãos, maçanetas e banheiros com álcool 70% ou solução de água sanitária.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.