Coronavírus

Podcast: as consequências do coronavírus para a economia do ES e do mundo

COMPARTILHE
795
Advertisement
Advertisement

O coronavírus está provocando mudanças drásticas na sociedade. Ele mudou a forma como nos relacionamos com o outro, deixou as ruas vazias e os comércios fechados. Além de um impacto gigantesco na saúde dos cidadãos, a doença gera uma crise profunda na economia brasileira.

Advertisement
Continua depois da publicidade

E nós, do AQUINOTICIAS.COM, sabemos que a informação de qualidade é o melhor remédio para conseguirmos superar, juntos, essa doença e todas as consequências geradas por ela.

Estamos lançando, nesta terça-feira (24), o primeiro de uma série de podcasts falando sobre o coronavírus e suas implicações. Neste programa, o diretor do Grupo Folha do Caparaó e AQUINOTICIAS.COM, Elias Carvalho, conversa com o ex-presidente do Banestes e ex-diretor do Bandes, hoje professor de Economia da Universidade de Vila Velha (UVV), José Antonio Bof Buffon.

Buffon analisa o cenário da atual pandemia, fala das consequências para a economia e como o efeito cascata vai atingir todos os níveis produtivos do mundo.

Continua depois da publicidade

Esperamos que gostem do programa.

Sobre José Antonio Bof Buffon

Advertisement
Continua depois da publicidade

José Antonio Buffon é graduado em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1983) e mestre pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (IE/Unicamp). Desde 1985 é professor e pesquisador do Departamento Economia da Universidade Federal do Espírito. Professor Adjunto da Universidade Vila Velha e Diretor de Pós-graduação Lato-sensu, Educação Executiva e Empreendedorismo. Ex-Diretor Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado do Espírito Santo – FAPES, entre janeiro de 2015 e dezembro de 2018. Entre fevereiro de 2011 e março de 2013 esteve cedido ao Banco do Estado do Espírito Santo S. A. (Banestes), onde atuou como Diretor Comercial. Também já esteve cedido para outras instituições, atuando funções relacionadas ao desenvolvimento econômico: no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), atuou como Assessor da Diretoria da Área de Desenvolvimento Regional e Social; no Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), na condição de Assessor Especial do Ministro, sendo um dos responsáveis pela coordenação do Programa de Cooperação Científica e Tecnológica para o Desenvolvimento Regional; e no Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo S. A. (Bandes), onde foi responsável pela Diretoria de Crédito e Fomento e também Diretor-Presidente. As áreas principais de interesse são: desenvolvimento regional e urbano, política e desenvolvimento agrário, agricultura familiar, política industrial, desenvolvimento local e territorial; planejamento e gestão estratégica de empresas e governos, inovação, crédito e fomento.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.