Espírito Santo

Faltas no período de quarentena não serão computadas para perda de vagas nas Apaes do ES

COMPARTILHE
114
Advertisement
Advertisement

A Federação das Apaes do Estado do Espírito Santo (Feapaes-ES) publicou nota oficial esclarecendo que as faltas ocasionadas pela adoção de medidas preventivas contra a Covid-19 não serão computadas para perda de vagas nos atendimentos realizados pelas instituições.

Estado solicita autorização do Legislativo para doação de imóveis públicos a municípios capixabas

O Governo do Estado encaminhou para apreciação da Assembleia Legislativa (Ales) sete projetos de...

Caixa abre 51 agências no ES neste sábado (30) para pagamento do auxílio emergencial

A Caixa vai abrir, neste sábado (30), de 8h às 12h, 51 agências no...

Findes avalia fundo de aval ao Banestes e à Secretaria de Desenvolvimento

A Federação das Indústrias do Espírito Santo encaminhou ofícios quinta-feira (28) ao Banestes e...

A nota ressalta que todas as medidas adotadas pela Feapaes-ES são embasadas e balizadas pelas diretrizes tomadas pelas autoridades sanitárias do Estado. “A Federação segue acompanhando com atenção a situação da Covid-19 no país, sobretudo no Espírito Santo, para que, junto das autoridades competentes, sejam tomadas as decisões necessárias a fim de garantir a segurança de todos os funcionários, usuários e suas famílias”.

A Federação vem enviando comunicados às instituições desde o início da mobilização para a prevenção da propagação do novo Coronavírus, com orientações a respeito das medidas que devem ser adotadas nas diversas áreas onde atua, como Saúde, Educação e Assistência Social, além dos setores administrativo e jurídico. Também foram publicados informes na fanpage da Feapaes-ES para conhecimento de todos, sempre observando as mudanças que ocorrem no cenário de pandemia do novo Coronavírus.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Entre as orientações enviadas pela Feapaes-ES está a criação de um “Plantão de apoio às famílias”, para que as instituições mantenham contato constante com as famílias, a fim de dar suporte, orientação e apoio em todas as situações necessárias, reforçando a nossa responsabilidade social com as pessoas com deficiência. Outra orientação é que as instituições usem critérios e pactuem a suspensão de qualquer serviço, caso seja necessário, com os Poderes Públicos com os quais possuem atos formalizados. Reforçamos que não aconselhamos nenhuma adoção de medidas de suspensão sem a plena pactuação com as autoridades competentes.

A Federação informa, ainda, que todas a ações e condutas podem mudar em poucos dias diante da gravidade da situação e avanço da Covid-19. Por isso, mantemos o nosso contato com a Sesa (Secretaria de Saúde) e continuaremos a repassar todas as informações e novas ações a serem tomadas, se forem necessárias. Sendo assim, todas as medidas adotadas pela Federação estão em consonância com as orientações da Sesa. Nossos comunicados continuarão sendo publicados como notas no Facebook e informaremos a imprensa sempre que for necessário.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.