Cidades

Em carreata, comerciantes vão às ruas pedindo fim do decreto de fechamento do comércio em Cachoeiro

COMPARTILHE
9760
Advertisement
Advertisement

Forçados a fecharem as portas após decreto assinado pelo prefeito Victor Coelho (PSB), que ordenou a suspensão do funcionamento do comércio por 15 dias, a contar do último sábado (21), em razão do novo coronavírus, comerciantes de Cachoeiro de Itapemirim se organizam nas redes sociais para saírem em carreata nesta quinta-feira (26) para pedir o fim da decisão.

Veja a lista de municípios do Espírito Santo que confirmaram casos de covid-19

O Espírito Santo tem 60 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até este sábado (28)....

Anchieta é incluída na lista de cidades afetadas pelo rompimento da barragem de Mariana

Finalmente o município de Anchieta foi reconhecido como cidade afetada pelo rompimento da barragem...

Vacinação contra gripe, em Cachoeiro, será retomada nesta segunda (30)

Novas doses da vacina contra gripe (Influenza) enviadas pelo Ministério da Saúde chegaram a...

O movimento ganhou ainda mais forças após o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, que afirmou em rede nacional que o comércio deve voltar ao funcionamento, mesmo em meio à pandemia, ou caso contrário, a economia nacional entraria em colapso. Decisão que vai contra as organizações de saúde, estados e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Até a última contagem, mais de 140 comerciantes e lojistas haviam confirmado participação na carreata, que está marcada para acontecer às 16h desta quinta-feira (26), com saída do Parque de Exposições, no bairro Aeroporto.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No chamamento, os organizadores pedem que os empresários não saiam de dentro dos veículos e usem máscaras.

A Associação Comércio, Industrial e de Serviços de Cachoeiro de Itapemirim foi procurada pela reportagem e afirmou que não está participando da manifestação.

Advertisement