Cidades

Alunos de Anchieta serão atendidos com kit alimentar durante quarentena

COMPARTILHE
247
Advertisement
Advertisement

A Prefeitura de Anchieta irá destinar a cerca de dois mil alunos da rede municipal, em situação de vulnerabilidade social, um kit alimentar durante o período de quarentena, quando as escolas estão fechadas. O kit será para atendimento ao aluno, que durante esses dias não tem a escola como referência para fazer refeições.

Fim de semana tem nevoeiro e aumento de temperatura no Sul do ES e Caparaó

O fim de semana será de temperaturas em elevação no Sul do Espírito Santo,...

Escadaria no bairro Ibitiquara, em Cachoeiro de Itapemirim, recebe melhorias

A escadaria Madre Gertrudes de São José, que liga a Linha Vermelha à Rua...

Trânsito na ponte Carim Tanure, em Cachoeiro, será liberado na próxima segunda (8)

O trânsito na ponte Carim Tanure, em Cachoeiro de Itapemirim, será liberado na segunda-feira...

O benefício será dividido em duas etapas. A primeira destinada aos alunos em situação de extrema pobreza, atendidos pelo Bolsa Família e CadÚnico. Já a segunda etapa será para estudantes que estão nesse momento em situação de vulnerabilidade, porém não são atendidos pelos programas sociais. A família desse aluno deverá entrar em contato com a escola por telefone, declarar a necessidade. A unidade escolar ficará responsável de verificar as condições da família para realizar a entrega.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Carlos Ricardo Balbino, os kits serão entregues nas residências dos alunos mensalmente. “Todos os alunos que se enquadrarem serão atendidos. Lembramos que os kits não têm referência com as cestas básicas disponibilizadas pela assistência social, é uma maneira que identificamos de tentar garantir a segurança alimentar dos nossos alunos durante a quarentena”, disse.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Para o prefeito Fabrício Petri, a iniciativa tem como objetivo ajudar as famílias durante o período que os filhos não estão indo às escolas, quando as despesas domiciliar tendem a aumentar. “É uma ajuda para que as famílias garantam uma alimentação adequada aos nosso estudantes durante esse período que estamos enfrentando o avanço do novo coronavírus”, disse o prefeito.

Os kits, que serão entregues a partir da próxima semana, serão adquiridos com recursos próprios do município e não do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O kit alimentar vai conter:

2 Kg de arroz

1 kg de açúcar

Advertisement

1 farinha de mandioca ou 01fubá

Meia dúzia de ovos

1 kg de peito de frango

1 macarrão

1 óleo

01 pacote de biscoito água e sal ou maizena

3 litros de leite

Colorau

Manteiga

Feijão

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.