Esporte Nacional

Carneiro tem pena por doping reduzida e pode retornar ao São Paulo

COMPARTILHE
13
Advertisement
Advertisement

O atacante Gonzalo Carneiro está livre para voltar aos gramados. Nesta terça-feira, o uruguaio teve a sua suspensão por doping reduzida para 12 meses em julgamento realizado pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AP), o que o libera para ser reintegrado ao elenco do São Paulo, pois esse período da pena inicial de dois anos já havia sido cumprida.

Castán reclama de atraso salarial no Vasco: 'Desde agosto, recebo só 60%'

O zagueiro Leandro Castán revelou nesta quinta-feira incômodo pelos atrasos salariais no Vasco. Em...

Corinthians espera definir contratação de Jô nos próximos dias

O Corinthians espera definir a contratação do atacante Jô, de 33 anos, nos próximos...

Léo testa positivo e se torna 3º caso de coronavírus no elenco do Cruzeiro

A nova série de testes para a detecção do novo coronavírus apontou mais um...

Carneiro testou positivo para benzoilecgonina, um metabólito da cocaína, em 16 de março de 2019, em exame realizado após a derrota do São Paulo por 1 a 0 para o Palmeiras, em partida disputada no estádio do Pacaembu e válida pelo Campeonato Paulista. Naquela oportunidade, o uruguaio foi titular e atuou pelos 90 minutos.

Depois da punição, Carneiro chegou a realizar tratamento psicológico, além de ter ficado internado em uma clínica de reabilitação. Advogado responsável pela defesa do uruguaio, Bichara Neto, explicou à reportagem do Estado que esse comportamento do jogador, seu “empenho” foram fatores fundamentais para a redução da sua pena no julgamento desta terça.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

O próximo passo para Carneiro ser oficialmente liberado para atuar é a notificação da CBF do resultado do julgamento pelo TJD-AP, pois a pena de um ano já está encerrada retroativamente, pois começou a valer na data em que ele testou positivo.

A partir disso, o São Paulo precisará definir quando pretende reintegrar Carneiro, que teve o seu contrato suspenso pelo clube. O uruguaio, porém, tem vínculo por mais um ano, até 31 de março de 2021, com a equipe do Morumbi, que o adquiriu em abril de 2018 junto ao Defensor, time do seu país. Com 24 anos, ele soma 24 jogos disputados pelo São Paulo, o último em 14 de abril de 2019, com apenas um gol marcado.

Leandro Silveira
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.