Variedades

Não é hora de exibir os confortos que desfrutamos, diz padre Fábio de Melo

COMPARTILHE
32
Advertisement
Advertisement

O padre Fábio de Melo usou seu perfil no Instagram nesta terça-feira, 31, para refletir sobre o isolamento social em tempos do novo coronavírus.

Livro com textos jornalísticos de García Márquez revela devoção à imprensa

Primogênito de uma família de 11 filhos, o escritor Gabriel García Márquez (1927-2014) era,...

Cosmos traz de volta o coração da ciência

Em 2014, quando Ann Druyan decidiu retomar a série Cosmos, que fez ao lado...

Nelson Sargento: campanha e homenagem

Recentemente, o sambista Nelson Sargento, de 95 anos, se viu em uma situação complicada...

Diante das tantas publicações de personalidades sobre ‘ em casa, o religioso avalia que é preciso ter cuidado com o que as pessoas tornam público sobre elas. “Não acredito que seja hora de exibir os confortos que desfrutamos na quarentena”, afirma.

“Ainda que tudo seja resultado de trabalho honesto, isso pode gerar ainda mais sofrimento nos que vivem privados de coisas tão básicas e elementares. Há pessoas enclausuradas em espaços exíguos, desprovidas de conforto e dignidade. O nosso exibicionismo pode ser afronta a quem tão pouco tem”, reflete.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

Fábio de Melo constantemente publica seus pensamentos em relação à solidariedade e à pobreza. Recentemente, ele afirmou pelo Instagram que “não é a soma que nos enriquece, mas a divisão”. Em outro momento, ele falou sobre a solidão: “sem nenhuma piedade, sem culpa e sem receio, ela nos reduz a nós mesmos.”

Clique aqui

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.