Esporte Nacional

Agência Antidoping da Rússia suspende todos os testes devido ao coronavírus

COMPARTILHE
14
Advertisement
Advertisement

O chefe da Agência Antidoping da Rússia (Rusada, na sigla em russo), Yuri Ganus, anunciou neste sábado a suspensão temporária da realização de todos os exames, respeitando as medidas do governo local impostas para conter a propagação do novo coronavírus.

MotoGP cancela etapas da Grã-Bretanha e da Austrália por causa da pandemia

A Dorna, entidade organizadora da Moto GP, e a Federação Internacional de Motociclismo (FIM,...

Único sem pontuar na retomada, Schalke tenta frear crise que ameaça seu status

Um dos três clubes alemães listados pela consultoria KPMG entre os 32 mais valiosos...

Rio Motorsports critica suspensão da audiência de autódromo: 'Desalento'

O diretor executivo da Rio Motorsports, JR Pereira, criticou a decisão da Justiça do...

Em um vídeo divulgado no site oficial da Rusada, Ganus afirmou que a agência vai continuar o seu trabalho, mas os testes antidoping estão suspensos, cumprindo as determinações governamentais.

“Seguimos o regime estabelecido pelo autoridades da Rússia, neste momento estamos suspendendo todos os testes”, disse Ganus, sem informar uma data para que a realização dos exames seja retomada.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

Com mais de mil casos da covid-19, a Rússia decidiu impor restrições para diminuir a velocidade do contágio do vírus. O presidente Vladimir Putin anunciou o fechamento do comércio em Moscou, incluindo bares, lojas, cafés e restaurantes, pela próxima semana. Só permanecem abertos serviços essenciais, como os de farmácias e supermercados. Putin também suspendeu os voos internacionais e adiou a votação final da reforma Constitucional

Em dezembro do ano passado, a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) decidiu excluir a Rússia de todas competições oficiais por quatro anos em consequência da falsificação de dados dos controles entregues à entidade. Com a punição, o país fica impedido de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão e os Jogos de Inverno de Pequim-2022, na China, além de outros grandes eventos esportivos, o que inclui a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

A Rússia está no processo de recorrer da suspensão imposta pela Wada e prometeu acionar a Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça.

Antes, em 2015, a Wada descredenciou o laboratório russo em Moscou. Após investigações, a agência afirmou que o laboratório escondia rotineiramente casos de doping de centenas de esportistas russos, principalmente no atletismo. A Rússia foi finalmente punida e restrições foram impostas à participação de atletas na Olimpíada de Inverno de 2018, em Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.