Política Nacional

Para Bolsonaro, 'neurose' de fechar tudo não está dando certo

COMPARTILHE
35
Advertisement
Advertisement

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, sobre as medidas de contenção do novo coronavírus, que “essa neurose de fechar tudo não está dando certo”. Segundo o presidente, para “combater um vírus, estão matando o paciente”. “Há uma relação direta entre o porcentual de pessoas desempregadas e a violência”, disse durante transmissão semanal ao vivo. “Sem grana tu morre de fome, morre de depressão, de suicídio”, defendeu Bolsonaro.

Bolsonaro indica que Mandetta está mantido no cargo e não assina voucher nesta 3ª

O presidente Jair Bolsonaro amenizou o clima de tensão vivido nos últimos dias com...

Maia: redução de salários precisa ser decisão ajustada com os três Poderes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que vinha admitindo a possibilidade de cortar...

Mandetta nega que OMS tenha pedido fim do isolamento e defende quarentena

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, negou que a Organização Mundial da Saúde...

O chefe do Executivo voltou a defender a amenização das medidas de isolamento e disse que tem conversado para redirecionar a quarentena para o modelo “vertical”, para idosos e portadores de comorbidades.

Bolsonaro disse ter conversado com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, sobre a produção de cloroquina – ainda sem eficácia comprovada para o combate ao novo coronavírus – no Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército (LQFEx) e afirmou que a fabricação “está a todo vapor”.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Pedro Caramuru, Gregory Prudenciano e Daniel Galvão
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Advertisement