Segurança

Moradora de Alegre é torturada e tem cabeça raspada em Cachoeiro; PC investiga o caso

COMPARTILHE
4854
Advertisement
Advertisement

O caso de uma mulher que foi torturada e teve a cabeça e sobrancelhas raspadas está sendo investigado pela Polícia Civil de Cachoeiro. Um vídeo mostrando as cenas de agressão começaram a circular em vários grupos de WhatsApp na última sexta-feira (21).

Polícia Federal orienta delegados a suspender operações durante pandemia

A Polícia Federal (PF) reduziu o número de operações de combate à corrupção e...

PRF apreende mais de meia tonelada de maconha na BR-101, em Itapemirim

No início da noite desta sexta-feira (3) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais...

Vigilante é indiciado por se passar pela vice-governadora do ES para obter vantagem política

A Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) indiciou um vigilante de 38 anos, morador...

A vítima é moradora de Alegre e já foi identificada pela Polícia Civil, mas seu nome não foi divulgado. O motivo das agressões também não foi informado. Nas imagens ela está sentada em uma cadeira é agredida com socos e tapas por outra mulher. Chorando muito, a vítima está com a boca ensanguentada e tem a cabeça e a sobrancelhas raspadas com máquina de cortar cabelo e lâmina de barbear por outras mulheres.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Em uma das cenas, é possível ver que outras mulheres estão assistindo a agressão e uma chega a gritar ” vamos soltar ela lá no Recanto (bairro de Cachoeiro).

A PC informou que mais detalhes sobre o caso não serão informados para não atrapalhar as investigações.

Advertisement

Advertisement