Educação

Matrículas em creches públicas cresceram 4,4% em 2019, diz MEC

COMPARTILHE
28
Advertisement
Advertisement

/com informações Agência Brasil

Prouni disponibilizará quase 168 mil bolsas em 1.061 instituições privadas; saiba como se inscrever

A Secretaria de Educação Superior (Sesu) informa que o Programa Universidade para Todos (Prouni)...

Transmissão de aulas pela TV para alunos da rede estadual não chega a partes do interior do ES

Pais e mães estão questionando, nas redes sociais, sobre a transmissão, pela TV, das...

Cerca de 240 mil alunos da rede estadual de ensino do ES terão aulas pela TV e pela internet

Quase um mês após o fechamento das escolas do Espírito Santo para impedir o...

 

O Ministério da Educação (MEC) informou hoje (31) que as matrículas nas creches públicas cresceram 4,4 % em 2019 em relação ao ano de 2018. De acordo com a pasta, no ano passado, 2,4 milhões crianças de até 3 anos foram matriculadas. Em 2018, o número foi de 2,3 milhões. Os dados estão disponíveis no Censo Escolar 2019, divulgado nesta sexta-feira pelo ministério.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O levantamento também mostra que existem em todo o país 71,4 mil creches públicas e privadas em funcionamento, totalizando 3,7 milhões de alunos.

De acordo com as informações, também houve aumento no número de matrículas de alunos que cursam o ensino médio em tempo integral. Segundo o ministério, atualmente, 10,8% do total de matrículas são de estudantes que passam pelo menos sete horas nas atividades escolares.

A pesquisa trouxe mais cem novos campos de informações para a pesquisa. Segundo os novos resultados, existem 187,7 mil gestores nas escolas brasileiras, sendo 80,8% mulheres em cargos de direção. A pesquisa também revelou que 10% dos diretores têm no currículo curso de formação continuada em gestão escolar.

O Censo Escolar é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.