Cidades

Feirão da Solidariedade em Cachoeiro tem produtos com 30% de desconto e até preço de custo

COMPARTILHE
Foto: Marcia Leal/PMCI
900
Advertisement
Advertisement

Começou, nesta terça-feira (18), o “Feirão da Solidariedade”, organizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), em parceria com a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Cachoeiro de Itapemirim (Acisci). Durante o evento, que segue até quinta-feira (20), na Linha Vermelha, consumidores têm a oportunidade de comprar produtos novos com, no mínimo, 30% de desconto, podendo chegar até ao valor de custo dos comerciantes.

Após ser notificada pelo MPES, Prefeitura de Cachoeiro muda decreto que liberava o comércio

Em reunião realizada na manhã deste domingo (5), por videoconferência, o prefeito de Cachoeiro...

Novo “Paulo Pereira” já realizou mais de 20 mil atendimentos em Cachoeiro

O Centro de Saúde Paulo Pereira Gomes (PPG), localizado no bairro Baiminas, em Cachoeiro...

Estudantes da rede municipal de Cachoeiro terão atividades on-line na quarentena

A partir desta segunda-feira (6), a Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro de...

Realizado sempre das 15h às 22h, o feirão conta com 39 lojas participantes. Há diversos itens disponíveis para venda, como eletrodomésticos; material de construção; vestuário; calçados; estofados; colchões; produtos de cama, mesa e banho. O objetivo principal é alcançar as famílias que perderam seus bens na enchente de 25 de janeiro.

“O nosso intuito é ajudar as pessoas que estão precisando, por isso, colocamos o preço bem abaixo do que está sendo vendido na loja para ficar mais atrativo. Trouxemos colchão, roupeiro, cama box, um mix bem completo. Tem colchão que está 35% mais barato”, frisou o gerente de logística de uma loja de móveis participante, Anderson Novaes.

Advertisement
Continua depois da publicidade

A comerciante Regivânia Alves, proprietária de uma loja de utensílios domésticos, também participa do feirão com o intuito de ajudar. “Temos aqui produtos de até R$ 1, pois reduzimos a maior parte dos produtos a valor de custo e sabemos que, para as pessoas que perderam tudo, é muito útil. Vendemos potes, panelas, cestos de lixos, utensílios que ajudam na reconstrução da casa”, explicou.

“Essa iniciativa foi excelente, porque nossa loja foi bem danificada e conseguimos retirar apenas as mercadorias. Então, esse feirão nos ajuda bastante, assim como as outras pessoas que tiveram as casas atingidas. Roupas que costumávamos vender por R$ 249 agora estão por R$ 79,90”, contou a proprietária de uma loja de roupas, Miriane de Melo.

A doméstica Cíntia Carla Ferreira passou pelo feirão para procurar sofá e colchão. “Soube do feirão e os preços me atraíram bastante. Além de ajudar quem perdeu tudo, esse evento também ajuda toda população de Cachoeiro, pois os preços estão bem mais acessíveis”, disse.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovanelli, reforça a importância das parcerias para a retomada das atividades econômicas afetadas e para a recuperação de bens pelos moradores atingidos.

Advertisement

“Procuramos, junto com a iniciativa privada, dar nossa contribuição não só para aquelas famílias que tiveram seus pertences danificados pela enchente, mas para toda população – incluindo os moradores dos distritos. Os valores podem chegar até ao preço de custo. Portanto, o ‘Feirão da Solidariedade’ é uma oportunidade para que consigam recomeçar e para adquirirem produtos novos com bons preços”, afirmou.

Praça de alimentação

Além dos produtos vendidos, o “Feirão Solidário” conta com praça de alimentação. Food trucks oferecem variados tipos de comidas e petiscos e também cervejas artesanais.

Advertisement