Geral

Educação em tempo integral para o ensino médio recebe investimentos

Escolas contempladas devem atender aos requisitos exigidos pelo MEC

COMPARTILHE
23
Advertisement
Advertisement

Mais de 400 escolas da rede pública de ensino irão ofertar educação de tempo integral no ensino médio,  segundo informações do Portal do Ministério da Educação (MEC). Ao todo, 412 escolas estão sendo contempladas com o programa “Mais Tempo na Escola”, ação vinculada ao Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), que irá abranger os 26 estados brasileiros. Com a iniciativa, as escolas terão a possibilidade de gerar até 41.130 novas vagas na educação básica.

Rede pede suspensão de decreto que exclui sociedade de conselho de meio ambiente

A Rede Sustentabilidade entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o decreto...

Juiz condena preso por violentar a mulher dentro da cadeia

A Justiça de São Paulo condenou a mais de quinze anos de reclusão, em...

Número de mortos pelo coronavírus na China passa de 1,7 mil

Autoridades chinesas relataram nesta segunda-feira, 17, uma ligeira melhora nos novos casos de COVID-19...

As instituições inscritas no projeto e já selecionadas irão receber, em conjunto, R$ 82,3 milhões do Governo Federal. Para conhecer a relação das escolas contempladas e a distribuição por estados, basta clicar neste link.

A finalidade do programa “Mais Tempo na Escola” é oferecer, aos estados e Distrito Federal, uma ampliação da carga horária de ensino aos jovens estudantes do ensino médio.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Confira algumas as exigências para participar do programa:

  • número mínimo de quarenta alunos matriculados na primeira série do ensino médio;
  • alta vulnerabilidade econômica e social em relação à respectiva rede de ensino;
  • existência de, pelo menos, três dos seis itens de infraestrutura exigidos pela portaria do Ministério da Educação;
  • escolas com oferta de ensino médio em que mais da metade dos alunos tenha menos de 35 horas semanais de carga horária;
  • não ser participante do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Advertisement